15.6.15

Brinca à beira-mar

                                                           
                    
                                                      Para o meu filho Pedro

Recua no tempo.
Ajusta a areia aos teus dedos de criança.
Brinca à beira-mar, o teu espaço mais cúmplice.
Já sobre ti rolam as algas e tu, de olhos
fechados, reténs esse prazer apetecido.
As conchas vêm brincar contigo.
Falam do sussurro dos peixes escondidos
nas ervas marinhas, da ancoragem dos barcos
e da lisura das quilhas submersas.
Um bando de pássaros abre-te no peito
um estuário onde as marés se abraçam.

Graça Pires
De Espaço livre com barcos, 2014

49 comentários:

Benó disse...

Lindo poema que o filho deve adorar. Uma boa semana Graça

✿ chica disse...

Linda foto e poema para o teu filho Pedro! Ótima semana!bjs,chica

José Vilhena Moreira disse...

...um estuário onde, saudavelmente, não é preciso crescer. Fica muito bem assim dentro de nós, enorme.
um beijinho

Teresa Durães disse...

Um poema maravilhoso!

Cia. De Teatro Atemporal disse...

MARAVILHOSO!

Com certeza o Pedro deve ter gostado muito de brincar a beira mar! (Risos)

Dona Graça,

Que DEUS abençoe a senhora em todos os sentidos!

Beijos e abraços da Cia. De Teatro Atemporal!

Clemente.
Blog: ciaatemporal.blogspot.com.br
Facebook: Facebook.com/CiaAtemporal

ManuelFL disse...

Pois é, Pedro, que sorte ter uma mãe que fala assim de ti e para ti.
Magnífica música para uma sensibilidade tão apurada como a tua.


Ricardo- águialivre disse...

Uma imagem que fala por si. Divina. O poema é uma homenagem do mais belo que já li. Muito bonito.
.
Deixo cumprimentos
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Daniel Costa disse...

Graça Pires, maravilhoso quadro fotográfico, que a beleza do excelente quadro poético realça. Tudo retrata o esmero da tua condição de mãe.
Abraço

© Piedade Araújo Sol disse...

a foto já é de uma doçura que nos enternece.
acho que o Pedro se ler o poema vai adorar.
muito belo!
boa semana.
beijo
:)

DE-PROPOSITO disse...

Recua no tempo.

Como era bom podermos recuar no tempo! Tantas asneiras que fizemos. Hoje gostaríamos de não as ter feito.

Abraço
MANUEL

Marta Vinhais disse...

E como é bom brincar na areia molhada...
Bons tempos que devemos sempre recordar... Somos donos do Mundo...
Adorei... e tenho a certeza de que o Pedro vai gostar...
Obrigada pela visita...
Beijos e abraços
Marta

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso poema!
Imagem Divina.

Beijos, e excelente semana.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Fê blue bird disse...

Amiga graça, estou comovida perante a dimensão deste poema, não consigo escrever mais nada.

um beijinho

Mar Arável disse...

Bela memória viva dos teus barcos

MARILENE disse...

Você trouxe à tona as lembranças que habitam o seu e o coração dele, certamente. E ficou tudo muito belo, a imagem, os sentimentos, seus versos. Bjs.

EU disse...

Belo poema, Graça, pela ternura que ressalta mas, sobretudo, porque a escolha lexical evoca a magia do encantamento que é brincar na areia (reparei nos verbos e na personificação dos elementos marítimos); depois, há o olhar da poeta no olhar na criança (últimos versos); no limite diria que é um poema da e de liberdade...
Gostei imenso!
BJO :)

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite Graça.
Que poema belíssimo para o seu querido filho Pedro, a imagem é linda. Minha amiga vim lhe dizer que abrir um novo espaço http://vivereserfelizdavida.blogspot.com.br/ Uma feliz noite. Beijos.

teresa p. disse...

"Um bando de pássaros abre-te no peito
um estuário onde as marés se abraçam."
Sublime!!!
Uma ternura, tanto o poema como a foto (um mar imenso todo para o Pedro). Parabéns ao Pedro, parabéns à Graça, uma Grande Mãe.
Beijo.

José Ángel García Caballero disse...

Quanto precisamos de recuar no tempo, de sermos origem. Muito belo poema!

Isa Sá disse...

Às vezes é preciso recuar no tempo...

Isabel Sá
https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Ana Pires disse...

Olha o meu irmão!!!!! Era tão pequenino... Agora é tão grande! Mãe! já nem lhe posso bater!!! :)
Parabéns à Mãe ao filho e ao lindo poema.

Cadinho RoCo disse...

Sinto tanta falta do mar que já nem sei como isso se comporta em mim.
Cadinho RoCo

Gaby Soncini disse...

Que poemas mais lindo, me desenhou ondar do mar nos olhos e no coração.

Beijos!

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, amiga querida, Graça Pires !
No mundo do teu filho criança, não há limites
à imaginação.
Somente uma mãe e poetisa, seria capaz de traduzir
a felicidade que sentia essa criança, na forma
descrita.
PARABÉNS, e um fraterno abraço, aqui do Brasil !
Sinval.

Majo disse...

~~~
~ ~ Linda ternura... ~ ~

~~~ Abraço amigo.~~~
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Gracitamiga

Tudo belo. Belo? Belíssimo!

A foto é um encanto, o texto uma maravilha. Que te hei-de dizer mais? Apenas, muito obrigado...

Qjs do

Pernoca Marota

Na nossa TRAVESSA há um textículo por mim assinado. Mete fuga de Porto Alexandre...

Ailime disse...

Boa noite Graça,
Um poema magnífico repleto de ternura!
Lembranças que jamais se esvaem, mas antes se reavivam e consolidam!
Um momento poético muito belo!
Um beijinho.
Ailime

Louisette disse...

Nice poesia,lovely foto, have a nice week with full sun, best regard from Belgium

Silenciosamente ouvindo... disse...

É bom recordar esses tempos, amiga.
Que saudades que eu tenho dos meus meninos
que estão na Irlanda.
O ano passado também estive com eles na praia,
mas este ano não virão.
Beijinhos
Irene Alves

heretico disse...

... e os barcos continuam a habitar o peito.

prendemos o tempo em fios de areia - por entre os dedos...

belíssimo.

beijo, Graça

Pérola disse...

Uma ternura que extravaza estações, anos e mares.

Beijo

Mariangela do Lago Vieira disse...

Que linda imagem angelical, sublime...
Um lindo poema de um momento único registrado,
E gravado para sempre em seus corações!
Parabéns!
Beijo com carinho,
Mariangela

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Li como sendo para mim... já que esta poesia de vida se aplica assim tão bem :)

beijo amigo

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, imagem maravilhosa acompanhada pela linda dedicatória poética,
AG

Zilani Célia disse...

OI GRAÇA!
UM CONSELHO DE MÃE, SEMPRE DEVE SER ESCUTADO.
"FILHO, PROCURA NO PEITO, A CRIANÇA EM TI".
LINDO DEMAIS.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Ana Tapadas disse...

Deus...como é belo o Pedro e o Poema...e esse Amor!

Beijo

mz disse...

Existem palavras que nos tocam como se refrescassem memórias.
Li e como gostaria também de dedicar ao meu filho esta visão fresca e ingénua.


mz disse...

Lindo e capaz de nos levar para aquele sítio das coisas que nos fazem bem.

Abç

Eduardo Aleixo disse...

Poema lindo todo feito de mar de conchas de algas de barcos e de infância com os pés namorando as areias com os sonhos que ficam no sussurrar dis búzios.
Beijinhos.

Vieira Calado disse...

A ternura da avó, num esbelto poema!
Ah, as nossas próprias recordações de infância!

Bjssss

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente a foto e o poema....
Cumprimentos

Agostinho disse...

Um poema inunda esta praia de amar
Em crescendo o calor quente do amor

Bj

MARIPA disse...


Querida Graça

A fotografia e o poema transmitem a beleza da ternura gravada para sempre num coração de mãe. São momentos como este que dão vida à vida e lhe dão um sentido especial.

Beijinho amigo.

ॐ Shirley ॐ disse...

Graça, lindo demais!
Beijos!

Lourdinha Vilela disse...

Divino poema, posto que nasce num santuário, o coração de mãe. Belo. bjs.

Rita Freitas disse...

Tão lindo este poema combinado com a beleza singela da foto!

beijinhos

manuela barroso disse...

A beleza de uma fotografia
Na ternura dos olhos de Mãe . Belíssimo
Beijinho !

carlos pereira disse...


Nas dolentes marés, abrem-se rotas de nostalgia e ondas de amor infinito.
Gostei imenso deste poema, prezada poeta.

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Graça.
Ternura em forma de poema a um filho.
"ajusta a areia aos teus dedos de criança" - a mãe deseja que o filho saiba sempre ajustar tudo o que encontrar pela frente ao tamanho dos próprios dedos e, consiga segurar com garra tudo o que deseja e lhe seja necessário para construir sua vida.
;)

bjn amg