8.2.16

Um pássaro alucinado

Ana Pires

Quando em minhas mãos dança
a nudez de um rosto,
há um pássaro alucinado
que voa de costa a costa
até encontrar um búzio verde
para se aninhar
e aí desfalecer de paixão.

Graça Pires
De Espaço livre com barcos, 2014

49 comentários:

Marta Vinhais disse...

E voa-se ao encontro da paixão.... Livremente, contrariando o Vento...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

✿ chica disse...

Magnífico poema,Graça! Adorei! bjs, tudo de bom, linda semana,chica

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso!! Amei.

Continuação de um feliz Carnaval
Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Silenciosamente ouvindo... disse...

É bom desfalecer de paixão.
Gostei.
Bjs. e votos de que se encontre bem.
Irene Alves

anamar disse...

Lindo.

Um beijinho com cheiro a maresia, "from" Fig.

Ana

Mar Arável disse...

Um prazer ler e reler a tua poesia
Bj

ॐ Shirley ॐ disse...

Palavras que aguçam a imaginação...
Lindo, Graça!
Beijão!

Lídia Borges disse...


"A nudez de um rosto" em tempo de máscaras...

Um beijo

Lídia

Teca M. Jorge disse...

Voando livremente na imaginação!

Beijo

Luis Coelho disse...

Uma ideia com poesia
Nudez do rosto.

Fê blue bird disse...

Amiga Graça.

Li e reli o seu poema e interpreto-o como a loucura da paixão.

Um beijinho e boa semana

José Vilhena Moreira disse...

Belíssima visão.
bj

heretico disse...

o milagre das (tuas) mãos...

belíssimo, Graça

Beijo, minha Amiga

Ailime disse...

Boa noite Graça,
Que dizer deste magnífico poema e da lindíssima foto em perfeita sintonia?
A evasão desconcertante do voo ao encontro do amor!
Um momento muito belo.
Um beijinho e boa semana.
Ailime

Luis Eme disse...

O amor é sempre bonito.

abraço Graça

Toninho disse...

Inspiração bela e inspiradora,
o voo da felicidade. Linda visão de imagem se cria.
Abraços Graça.
Bju

Isa Sá disse...

Muito bonito!

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

manuela baptista disse...

aconchegado

um beijo, Graça

Odete Ferreira disse...

É de nudez que é feito o voo!
Admirável, este voo poético, Graça!
Com admiração, deixo um bjinho :)

Nequéren Reis disse...

Poema encantador belas palavras, tenha uma semana abençoada.
Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Meu canal:https://www.youtube.com/watch?v=apP6eHn5PlI

Nequéren Reis disse...

Poema maravilhoso amei como sempre arrasando,
tenha uma semana abençoada.
Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Meu canal:https://www.youtube.com/watch?v=apP6eHn5PlI

Majo disse...

~~~
Alucinada - porém maravilhosa - a paixão!

~~~ Cumprimento o singular talento.

~~~~~~~~ Beijinhos, Graça.
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

São disse...

Que lindo voo o deste teu alucinado pássaro, minha amiga !

Bom serão de Entrudo e beijinhos

Luis Coelho disse...

Um pássaro que todos amamos.
É louco dizem alguns, mas todos o amamos e o guardamos para nos completar.

Ives disse...

Olá! Que as mãos sejam asas a afagarem os céus da paixão! abração

Mariangela do Lago Vieira disse...

E como é bom voarmos juntos!
Lindo Graça!
Beijos de um abençoado dia!
Mariangela

Carlos Ferreira disse...

"Saudade - Palavra única....."

Estou escrevendo o livro "Saudade...":

- Se se você já contribuiu, enviando seu depoimento, sua saudade, eu agradeço.

- Se não, eu estou aguardando a sua valorosa contribuição.

Para descrever "Saudade" não há uma regra, norma ou padrão. Pode ser a "Saudade" de alguém, algum familiar ou amigo. Pode ser algo que existia e não existe mais ou foi modificado em sua cidade. Enfim, Saudade, é "Saudade" e cada um tem a sua!

Exemplos de saudades já recebidas e que irão para o livro:
Eu tenho saudades dos...
"Domingos na cidade de Pingo D'água, de manhã ajudávamos a podar o campo com trator e roçadeira, aquele cheiro da grama cortada ainda ficou até hoje, e é só passar perto de alguém podando um jardim e a lembrança vem na hora, e a tarde era hora de dar espetáculo com a camisa do Juping no campo que cuidamos com muito carinho."
Adilson Begatti- Cronista Esportivo e Metalúrgico
Coronel Fabriciano-MG

Eu tenho saudades do...
"Do tempo em que a praça da cidade tinha espaço para as crianças ...lago com peixinhos. Os "coquinhos" caiam pelo chão e as crianças se divertiam tentando abrí-los para comer. O espaço de areia era disputado e ninguém se importava em sujar os pés...não se ouvia os gritos das mães desesperadas e irritadas pelos filhos que insistiam em gastar dinheiro no "pula-pula". A diversão era interminável e gratuita."
Ana Karina Veiga - Jornalista - Professora e Estudante de Direito
Santos Dumont-MG

Eu tenho saudades do...
"Bonde em Campinas (SP), um veículo totalmente aberto, um convite pra gente sentir a brisa no rosto. E os cobradores, então! Dobravam o dinheiro de forma vertical e o colocada entre os dedos. Era o maior barato. Pena que em minha cidade eles pararam de circular em 1969, deixando muita saudade!"
Ariovaldo Izac - Cronista Esportivo
Campinas - SP

Eu tenho saudade dos...
"Bailes de carnaval nos clubes da cidade, na década de 1980, onde a diversão era muito mais sadia.Também tenho muita saudade quando eu apresentava bailes nos clubes de Juiz de Fora e cidades vizinhas. Saudade da eterna rádio Mundial 860, onde sempre buscava os novos hits para tocar no meu programa radiofônico. Bons tempos..."
Carlos Augusto de Oliveira (Guto) - Radialista
Juiz de Fora-MG

Eu tenho saudade da...
"Velha 'maria fumaça', aquele trem de ferro que soltava fumaça e à noite enfeitava o céu com fagulhas, coisa muito linda. O apito da velha "12" também me dá uma grande saudade. Eu morava em Uruçuca, na Bahia e viajava para Itabuna naquele trem, que "morrendo" nas ladeiras, mas subindo cansado, ele chegava lá. Muito lindo!".
Odoaldo Vasconcelos Passos - Economista
(Belém-PA)

Eu tenho saudade de...
"Em Pirapora, minha terra natal, dos meios de transportes: o trem de Pirapora para Corinto, Montes Claros e Belo Horizonte bem como os vapores de Pirapora até Juazeiro, na Bahia e Petrolina, em Pernambuco".
Paulo Roberto Caldeira Brant - Comentarista Esportivo
Poços de Caldas - MG

Eu tenho saudade das...
"Partidas de futebol que o Santos Futebol Clube, do bairro Floresta, realizava no campo da Fábrica de Tecidos São João Evangelista e que a família Carbogim era base do time, com Zé Alemão, Gabriel e Rafael, além de meu sobrinho Flávio, como mascote"
Miguel Carbogim - in memoriam


Att,
Carlos Alberto Fernandes Ferreira
carlosferreirajf@gmail.com
www.carlosferreirajf.blogspot.com
Juiz de Fora-MG

VEM AÍ...
O Portal MULTIMÍDIA...

MARILENE disse...

Essa "nudez de um rosto" me levou a presumir saudade. E o voo do pássaro, a busca. Bjs.

teresa p. disse...

"há um pássaro alucinado
que voa de costa a costa..."
Sublime esta metáfora que tão bem exprime a intensidade e a loucura (boa) de uma paixão.
Uma maravilha o poema e também a foto da Ana.
Beijo.

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, Amiga, Graça Pires !
Divagações, como as tuas poéticas, me levam
para perto do que já partiu, deixando uma
imensa saudade em seu ugar...
Obrigado, Graça, com o meu afetuoso abraço,
aqui do Brasil !
Sinval.

Suzete Brainer disse...

Um poema grandioso, Graça!!
Daqueles poemas de uma beleza única
na criação poética.
Beijo.

Cristina Sousa disse...

Magnifico poema Graça. Amei.
Um beijo

ManuelFL disse...

Belíssimo poema de amor e paixão!
Gostei da fotografia da Ana.
Um beijo.

mz disse...

Se a nudez de um rosto for toda a transparência e essência do corpo e da alma,
então conheceremos a genuína liberdade onde todos os voos serão infinitos.

Sempre a dar-nos luta, esta sua poesia, Graça.

Um beijo.

Ana Freire disse...

Um belíssimo voo... que nos remete para um horizonte ao nosso alcance... onde reside a esperança... e prosseguimos o voo... nessa paixão, entrega e procura... sem fim...
Absolutamente encantador, Graça!
Beijinho! Bom fim de semana!
Ana

© Piedade Araújo Sol disse...


tão belo, um poema que é um voo de ternura e amor.

curto e tão completo!

muito belo!

beijo

:)

Pedro Luso disse...

Graça, a paixão, essa inexplicável força de atração que a todos enfeitiça e submete, atraiu para as lonjuras o pobre pássaro.
Abraços.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

ruma disse...

Olá.

obras brilhantes.
Obrigado por sua visita sempre.

Desejo a todos o melhor.
Saudações e abraço.

Do Japão, ruma ❃

Lady Viana disse...

Lindo, querida Graça, um voo perfeito, um desnudar de almas, nossa e do outro, não mais um voo solitário.
Senti assim... Beijo doce para você e um ótimo fim de semana.

Jaime Portela disse...

E como sabe bem desfalecer de paixão nessas circunstâncias...
Excelente, minha querida amiga.
Um bom fim de semana, Graça.
Beijo.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Não sei se o pássaro é ou fica alucinado, mas é verdade que a paixão não tem limites nem sensatez... Todavia, ter a nudez de um rosto a dançar nas mãos, só pode causar um horizonte assim...

Beijo amigo

Lourdinha Vilela disse...

Belíssimo!!!! Todo amor há que se nidificar. Seu poema me emocionou. Simplesmente lindo.!!!!
Um grande abraço.

manuela barroso disse...

Perante este canto de encanto como não desfalecer ?
Belo desatino !
Beijinho querida amiga Graça !

manuela barroso disse...

Como não desfalecer perante este canto de encanto ?
Belíssima alucinação !
Beijinho Graça , querida amiga !

AC disse...

Gosto muito da sua poesia, Graça, porque toda ela cria cenários de envolvência. Este maravilhoso poema é mais um exemplo disso.

Um beijinho :)

Laura Ferreira disse...

que bonito, Graça.
beijinho

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia Graça.
Que lindo poema, o voou da liberdade. Um lindo dia. Beijos.

Agostinho disse...

Tenho a idéia de ter lido. Voltei para reler o meu comentário... Nada. Fica este.

Um poema que é um espanto!
Espantosamente define a nossa condição:
a necessidade de amar e ser amado.

Vou passá-lo a limpo num cartão
lê-lo todos os dias, ao sentir-me acordado,
até tê-lo gravado no coração.