5.9.16

Em seara alheia


34.

Deixei o meu coração no forno,
é só aqueceres e tens jantar.
O que sobrar dá ao gato.
Eu sempre gostei do gato.

Raquel Serejo Martins
In: Aves de incêndio. Macedo de Cavaleiros: Poética, 2016, p. 50.- Desenhos de Ana Cristina Dias

52 comentários:

Graça Pires disse...

“Aves de incêndio”, de Raquel Serejo Martins, é um livro em que os poemas se apresentam entre o lírico, o narrativo e o irónico. São poemas que nos comovem, nos questionam ou nos divertem. E só nós, leitores atentos, podemos descobrir a singularidade da sua linguagem.
Parabéns, Raquel!

✿ chica disse...

Gostei ...Um belo recado nesse poema inusitado! beijos,tudo de bom,chica e linda semana!

Maria Sem Limites disse...

Epa que intenso.

Marta Vinhais disse...

Um desencontro com o amor... Um amor desejado, mas não correspondido...
Belo
Beijos e abraços
Marta

Alfredo Rangel disse...

Também sempre gostei de gatos. E de poesias. E de poetas. E de vida.
Beijo

Laura Ferreira disse...

gosto!

Poções de Arte disse...

Diferente...
Abraços e feliz semana!

Lídia Borges disse...


É,de facto, uma poesia desconcertante. Um modo de se insurgir contra o que parece imutável, num pós-modernismo que coloca o sujeito cada vez mais longe do que o pode tornar feliz.

Hoje mesmo, comecei a ler, com olhos de LER, o "Aves de incêndio" e confesso que gosto deste dizer "a frio" da Raquel.

Um beijo

Pedro Luso disse...

Graça, ainda não conhecia Raquel Serejo Martins, que pelo seu belo poema (34.), vejo que se trata de uma talentosa poetisa.
Uma ótima semana.
Abraço.
Pedro.

Simone Felic disse...

Que fofa poesia e com uma lado cômico.
Bjs e boa semana.

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Cidália Ferreira disse...

Muito bem!

Beijo de boa noite
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Manuel Veiga disse...

Uma surpresa, Graça, confesso - vou prestar mais atenção
por vezes, as primeiras impressões são enganosas e somos injustos.

beijo, minha Amiga

Mar Arável disse...

Não matem as metáforas

Bj

Nequéren Reis disse...

Que lindo amei a mensagem, tenha uma semana abençoada,
obrigado pela visita.
Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

Suzete Brainer disse...

Graça,

Adorei esta partilha, eu sou uma apreciadora do singular e original e
acho que você fez uma excelente apresentação da autora.
Grata pela partilha!!
Beijo.

graça Alves disse...

Que bonito!
Obrigada pela partilha!
bj

LuísM Castanheira disse...

amargura, beleza, mordácia ou simplesmente ... despojos de amor (para o gato)

desconcertante

e tão simples...

mais uma óptima divulgação e escolha, Graça.

um beijo, amiga.



Toninho disse...

Nossa, fatal e ironico Graça.
Que bela construção da Raquel
Bela partilha e apresentação.
Bjs de paz e boa semana amiga.

Isa Sá disse...

Para refletir...


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Daniel Costa disse...

Graça Pires

Forma de poesia interessante, bem reflexiva.
É a diversidade que se apresenta.
Abraço

Arroz Di Leite disse...

Para refletirmos e pensarmos.
Bjs

Tânia Camargo

CÉU disse...

Olá, Graça!

Começo por lhe agradecer a sua visita, aprazível comentário e votos.

Não conhecia, nem de nome, a autora, mas é para reter.

Entre o amor e "uma pequena estalada sem mão" nasceu um poema, mto inteligente.

Beijos e dias de sol e luz.

Agostinho disse...

Recados que se dão
entre gatos
quando a sede desespera de actos.

Adivinha-se um tom repentista.
Não conhecia a autora.
Bj.

Cadinho RoCo disse...

Muito bom!
Cadinho RoCo

AC disse...

À autora faltou-lhe acrescentar:
Não te preocupes comigo
Eu fui com as aves.

Um beijinho, Graça :)

Ailime disse...

Boa tarde Graça,
Que poema lindo e tão original!
Uma preciosidade.
Obrigada por tê-lo partilhado no seu espaço.
Beijinhos e continuação de boa semana.
Ailime

Mariangela do lago vieira disse...

Gostei Graça, uma boa reflexão!
Uma boa tarde amiga, tudo de bom!
Mariangela

Fê blue bird disse...

Graça:
Gosto de poema curtos e directos e quando são assim mordazes, ainda mais :)

Um beijinho grato pela sua participação no meu desafio.

A Nossa Travessa disse...

Gracitamiga

A Raquel Serejo Martins gosta do gago; mas eu não gosto. Mas gosto da boa Poesia, como a tua, como a Raquel do gato. Em quatro singelas linhas a Raquel diz tudo. A minha Raquel também diz tudo: manda e mim... :-)))

Porém esta Raquel dez uma quadra, uma quadra subtil e encantadora.Uma quadra da vida e do almoço e do fogão. E sobretudo do gato.

Qjs para ti, minha Gracitamiga e para a Raquel também

Leãozão

Majo Dutra disse...

~~~
Gostei da originalidade,
poder sintético,
depuração,
ironia,
humor...

Um destaque e apresentação excelentes.
Beijo, Graça.
~~~~~~

Blog da Gigi disse...

Ótimo dia!!!!!!!!!!!! Beijos

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, minha Amiga, Graça Pires !
Há épocas da vida que se diz algo,
querendo falar outra coisa.
Creio ser esta a mensagem, irônica,
por excelência.
Um fraterno abraço, claro, aqui do
meu Brasil.
Sinval.

Lucinalva disse...

Olá Graça
Boa reflexão, desejo uma bela tarde. Bjs

teresa p. disse...

Original e bastante irónico. Gostei.
Beijo

Evanir disse...

Dizem que quando rezamos, nós estamos fazendo pedidos a Deus,
e quando meditamos estamos agradecendo.
Hoje eu me ajoelho e medito silenciosamente,
agradecendo ao Senhor pela minha vida.
No próximo sábado é meu aniversario.
Por isso estou aqui.
Agradecida por ter sua amizade .
A Deus eu agradeço pelo milagre da vida.
A você agradeço a felicidade da sua amizade.
deixo meu fraternal abraço.
Um abençoado final de semana.
Se vc gostar tem um mimo na postagem.
Evanir.

Aline Goulart disse...

Adorei! Gostei do lado cômico dessa poesia. Poucas palavras, mas com muito significado.
Beijinhos...

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Interessantes versos

© Piedade Araújo Sol disse...

original e mordaz....

beijinhos

:)

Anete disse...

Muito boa partilha, Graça! Irônico e desafiante poema!!
Abraço e bom fim de semana...

Laura Ferreira disse...

adorei...

Magia da Inês disse...

✿⊰ه° ·.
Não vale a pena... por ninguém e nem pelo gato!...

Ótimo fim de semana!
Beijinhos.

⎝✿⊰ه° ·.

ONG ALERTA disse...

Bacana, bjbj Lisette.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Que atitude em poesia.
Mas está interessante!
Bom fim de semana,amiga.
Bjs.
Irene Alves

As Mulheres 4estacoes disse...


Não vale à pena dar de si, a quem não merece.
Abraço
Sônia

Rita Sperchi disse...

kkk gostei
Só vale a pena dar a quem merece
Bjuss
Rita

Jaime Portela disse...

Um pequeno poema carregado de ironia.
Nunca li nada da poeta, vou procurar.
Graça, tem uma boa semana.
Beijo.

Teresa Poças disse...

Gosto daqueles que sabem apreciar os restos, mas são poucos.. Ao menos o gato não reclama!
Grande poema!
Um beijinho do fundo do coração

Ana Freire disse...

De um encanto e simplicidade desarmantes!...
Uma tremenda partilha!
Adorei, Graça!
Beijinho
Ana

Mãe Maria disse...

ADOREI.

Odete Ferreira disse...

Gosto bastante deste género de fazer poesia, remete para um certo non-sense.
Bela partilha, Graça
Bjo :)

Parapeito disse...

Excelente partilha doce Graça
Adoro este poema...a sua ironia e claro o gato
Abraço e brisas doces **

deep disse...

Calhou-me a sorte de apresentar o livro da Raquel em Trás-os-Montes. :)