6.3.17

Espera

Katia Chausheva

Em plena noite cheguei a casa 
com os pés envoltos em conchas. 
Com eles risquei no chão o barco e as velas 
e aguardei que o vento e o mar ficassem de feição.

Graça Pires
De Caderno de significados, 2013

71 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Que lindas palavras! Parabéns pela foto!!

Beijo e uma excelente semana.

✿ chica disse...

Imagem e poema belíssimos! Adorei a intensidade! bjs, chica, linda semana!

Fá menor disse...

Aguarde-se pois.
Só quando há vento é que se deve dar à vela.

Beijos

José Vilhena Moreira disse...

Um belíssimo meio de transporte,o sonho...
:)

Laura Ferreira disse...

espero que tenhas seguido viagem, Graça e que voltes sempre :)

boa semana, beijinho

deep disse...

Belas as palavras deste Caderno de Significados, que já morou cá em casa. Acabei por oferecê-lo a alguém com significado. :)

Boa semana, Graça.

Beijinhos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, imagem linda junto a um poema maravilhoso.
AG

Fernanda Maria disse...

Não há limites para o sonho e a imaginação na mente de um poeta.

Embarquei consigo amiga Graça.

Um beijinho

O Toque do coração

Agostinho disse...

Um belo poema que, inevitavelmente, desperta sentimentos desencontrados.

A espera é sempre
tempo de refinar
o verso e o reverso,
de afinar
o lume do amor,
ou de afiar
as facas da traição.

Bj, amiga Graça.

Smareis disse...

Poema tão lindo, e essa imagem casou tão bem. Perfeito!
Uma boa semana!
Beijos Graça!

Bell disse...

Belíssimo mesmo.

bjokas =)

CÉU disse...

Olá, querida Graça!

Que imagem tão gira e invulgar! A fotografia é, tal como nos indica, de Katia Chausheva (o apelido estará bem escrito???), que fui logo saber quem era. E a Graça sabe o que "me" aconteceu, qdo escrevi Katia? Pois, nem imagina! Mas, eu vou, de imediato, dizer-lhe. Então, não é que apareceu logo o nome Katia Aveiro? Bem, passemos ao k interessa, pke a "arte" de Katia Aveiro não é "bem" a mesma que a da referida fotógrafa, que é búlgara e que está "farta" de ganhar prémios, mas merece, em minha opinião, pke estive a ver algumas das fotos que ela faz e fiquei com os olhos mais dóceis, mais "bonitos"

Agora, vem o pior: comentar o que a Graça, distintamente, "engendra". Entendi o que escreveu, mas está tão belo, tão belo e com tanto sentido poético, real e estético, que acho que não irei pronunciar-me, ou irei?

As "meninas não" andam de noite, falo de meninas sensíveis, saudáveis, de corpo e alma e com arte no cérebro, mas se andam e qdo chegam a casa trazem, sempre, com elas, algo de diferente, que inteligentemente aproveitam, para uma partida, para desanuviar horizontes, para mudanças de rota, enfim, para aquilo, que, efetivamente, pretendem, até que a "tempestade", interna e externa, abrandem e passem. E foi o que o eu-poético da Graça fez, e louvo-lhe a ação, pke devemos aproveitar os ventos e as correntes favoráveis, seja em que matéria for, para não encontrarmos "Adamastores" e avançarmos com a nossa "embarcação", pke sem "feição" não temos "rosto" para a caminhada.

Beijos e uma excelente semana.

Ailime disse...

Boa tarde Graça,
Um poema como sempre, magnífico!
Nem sempre o vento está de feição para nos orientar nos caminhos da vida.
Há que ser persistente e esperar por mais dolorosa que seja a demora.
Beijinhos, minha Amiga e boa semana.
Ailime

Daniel Costa disse...

Graça
Sendo as metáforas a alma dum poema e a estética a sua elegância, eis a beleza que se nos oferece.
Bjs

Pedro Luso disse...

Aí está, no belo poema, a imensa sensibilidade da poetisa.
Muito bom. Parabéns, Graça.
Uma ótima semana.
Beijos.
Pedro

Tais Luso disse...

Em apenas 4 frases, uma bela construção, Graça, de uma delicadeza ímpar!
Beijo, amiga! Uma ótima semana.

LuísM Castanheira disse...

... e sempre o Mar na partida e ao chegar.
e sempre a espera que os sonhos acabem por navegar.

Belo poema, Amiga
Um beijo, Graça

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, graciosa Amiga, Graça Pires !
A imagem escolhida para ilustrar...
O estilo competente, privativo da
Mestra...
O resultado só poderia ser este:
Um tesouro de poema. Incrível !
Com muito orgulho, envio o meu
caloroso abraço, aqui do Brasil !
Sinval.

Nequéren Reis disse...

Que maximo amei arrasou como sempre,
tenha uma semana abençoada, obrigado pela visita.
Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

Graça Sampaio disse...

Tão lindo!! Chega aqui o cheiro a maresia...

Subtilmente belo, subtilmente lusitano...

Mar Arável disse...

Tudo se deve mover
lentamente

Bj amigo

Teresa Almeida disse...

O poeta está sempre de partida. Aguarda apenas que os ventos estejam de feição.
Realmente magnífico, minha querida Graça.

Beijinho.

AvoGi disse...

A fotografia é espectacular. Amei
Kis :=}

Benó disse...

Vento e mar os dois elementos que se conjugam perfeitamente para formar um belo poema. Adoro. Uma boa semana, amiga Graça.

Catarina H. disse...

Tão simples e tão interessante!
As suas palavras dão-me luta, mas eu gosto. Gosto desses jogos de significados, espicaçam-me os neurónios e até me ajudam com o meu trabalho, pois inspiram-me :)
Beijinhos e boa semana :)

manuela barroso disse...

E de feição esteve tão bela inspiração , Graça . Tão belo este barco poético !
Beijinho

baili disse...

liked the image so much that goes so well with your magical words!

Wait for wind and sea how daring !
when pain crosses its limit soul strikes for more ......
healing is painful now ,pain is needed to be lost forever

Isa Sá disse...

Muito bonito.


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Regina Figueiredo disse...

Na simplicidade, uma grandiosidade do que visualizamos e sentimos neste poema. Lindo. Beijinhos

Marta Vinhais disse...

A vida pode ser uma tempestade.... Mas o mar acaba por sossegar e mostra-nos um outro caminho....
Lindo...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Lindo gostei bastante da fotografia.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Mariazita disse...

Imagem fabulosa!
Em quatro versos apenas sentimo-nos viajar no mundo dos sonhos.
Gostei muito, amiga Graça.

Votos de uma semana muito feliz.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS


Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Alfredo Rangel disse...

Graça, poesia doce e suave, como a brisa que vem do mar. Lindíssima. Beijo

Anete disse...

Um poema e uma foto que me deixaram bastante pensativa... Versos com sentimentos guardados e também reveladores... (!)
Abraços

Odete Ferreira disse...

Não precisou esperar muito, a poeta; sempre de atalaia, até a espera foi poema
E os ventos correm-te sempre de feição, Graça!
Cativante e esvoaçante poema.
Bjo, amiga :)

Nadine Granad disse...

Poucos versos e tantos pensares!...
Suas palavras são areias praianas... Praias cujas costas vão ao infinito!...
Beijos =)

Aline Goulart disse...

A natureza é com certeza uma das maiores inspirações para belos versos como o teu.
Uma ótima semana. Beijinhos estalados...

São disse...

Embarco contigo neste mar-oceano da tua bela poesia.

Roubei o poema para publicação, :)

Abraço fraterno neste Dia da Mulher.

Aleatoriamente disse...

Você vestiu a poesia lindamente
Belo...

Hoje no dia internacional da mulher.
Parabéns Graça


Ana Freire disse...

Um privilégio imenso, poder embarcar neste espaço, ao sabor da belíssima e profunda inspiração, que sempre se respira por aqui...
Maravilhoso trabalho, Graça!
Beijinhos! Feliz Dia da Mulher!
Ana

regina disse...

Simples e belo.
Obrigada pela partilha
Regina Gouveia

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite Graça.
Hoje eu venho lhe parabenizar pelos dias das mulheres amiga. Com calma venho ler e comentar com atenção o seu poema. Como bem merece que seja feito. Beijos.

FATIMA WINES disse...

Olá, Graça!
O seu poema soube-me a néctar.
Cristalino, aromático e com um fim de boca fenomenal.
Parabéns.
bj.

Fernanda Costa disse...

Bom dia!

Meu nome é Fernanda Alves, eu falo em nome da Lionshome. Estou entrando em contato com você, pois estamos analisando blogs para fazerem parte de nossa Rede de Blogs e o seu blog foi selecionado.

Nós gostamos bastante do conteúdo da sua página e temos certeza que nossos usuários vão gostar e se informar mais.

Só explicando um pouco melhor sobre a LionsHome, nós somos uma Startup localizada em Berlim que durante seus dois anos de vida vem crescendo rapidamente.Recentemente lançamos nosso Website e estamos buscando Blogs com conteúdos interessantes e interativos para fazer parte da Rede LionsHome de Blogs.

Com a nossa rede de blogs você tem a oportunidade de adicionar uma pequena descrição sobre os seus posts ao nosso website através do RSS-feed, atraindo assim mais visitantes e leitores para o seu blog (quando os usuários clicarem em seu post são redirecionados para o seu blog). Caso você tenha interesse, essa participação é completamente gratuita, já que estamos entrando agora no mercado. A única coisa que pedimos em troca aos blogs da rede Lionshome é adicionar uma pequena logo nossa em sua página inicial assim que você se registrar.

O link para se inscrever é o seguinte:

http://www.lionshome.com.br/br-br/blogs/signup/

Se você quiser saber como funciona melhor nossa rede de blogs, pode visitar nosso website:

http://www.lionshome.com.br/br-br/blogs/all/

Qualquer dúvida, estou à disposição.

Abs,
Fernanda Costa

--
Fernanda Costa
Marketing & Community Manager
Phone: +49 030 120 534 090
Web: www.lionshome.com.br

Lionshome GmbH
Sophienstrasse 16
10178 Berlin

ManuelFL disse...

Adorei o poema e a fotografia é fabulosa.

A poeta escreve «aguardei que o vento e o mar ficassem de feição», e lembrei-me do poema "Navegações", de Sophia:
«Navegavam sem o mapa que faziam
(Atrás deixando conluios e conversas)».

Bela homenagem à mulher, Graça.
Beijo.

Graça Pires disse...

Boa tarde, Fernanda Costa. Muito obrigada pela atenção dada ao meu blog. Apesar de me parecer meritória a vossa oferta, a verdade é que não tenho disponibilidade para dar ao meu blog a atenção que a Rede LionsHome de Blogs me propõe.
Com consideração e amizade.
Graça Pires

Rita Norte disse...

Poemas inspiradores os que aqui li, gostei muito!

Rita,
http://rumo-a-ti.blogspot.pt/

teresa p. disse...

Um barco para navegar os mares da vida em busca do sonho, com coragem e persistência.
Poema e foto de grande beleza.
Beijo

Nequéren Reis disse...

Maravilhoso amei, obrigado pela visita.
Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

Chic' Ana disse...

Muito bonito, parabéns! =)
Beijinhos

Marta Moura disse...

Tão, tão bonito!

Jaime Portela disse...

E é sempre melhor ter o vento de feição...
Excelente, como sempre é a poesia que por aqui se vai lendo.
Bom fim de semana, amiga Graça.
Beijo.

Poções de Arte disse...

Bonito!
Com bela imagem!
Abraços e feliz final de semana.

Gaby Soncini disse...

É tanta beleza aqui, que sempre saio com os pés cheios de conchas e mar.

Beijos!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois é amiga, muita vez temos
que esperar que o vento esteja
de feição.
Mais uma bela poesiam sua.
Bjs. e bom fim de semana.
Irene Alves

Manuel Veiga disse...

sim, Graça

com o vento de feição tudo corre melhor

tudo belo. aqui.

beijo. minha amiga

Maria Rodrigues disse...

É sempre mais fácil remar a favor da maré.
Maravilhoso poema
Beijinhos
Maria

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite querida Graça.
Amei o poema e a imagem igualmente bela. Um lindo fds amiga. Abraços.

José Carlos Sant Anna disse...

Parece tão simples tornar o mundo mais verdadeiro com o poder da palavra.
Essa alquimia é possível, é o que nos revela neste belíssimo poema, Graça, à "feição" do leitor.
Beijos,

Arroz Di Leite disse...

Bom dia,

é mesmo sempre bom ter o vento a nosso favor.
Lindo domingo,
Bjs

Tânia Camargo

Suzete Brainer disse...

Harmonia da beleza imagética do seu excelente poema
e a foto escolhida.
Aprecio sempre, sempre.
Bom domingo, Graça!
Um beijo.

Teresa Durães disse...

Lindo poema, de uma sensibilidade muito grande

AC disse...

Uau, este é daqueles que, agitando, entra directamente na caixa das emoções.
Parabéns, Graça.

Um beijinho :)

Gisley Scott disse...

Graça, gostei da foto, muito sensual e elegante !! :)

O poema me fez pensar em uma mulher decidida, segura de si e aventureira.
Beijos!
http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

graça Alves disse...

Lindo e cheio de significado, Graça!
Beijinho

© Piedade Araújo Sol disse...

poucas palavras
tanta sensibilidade...

muito belo!

:)

manuela baptista disse...

uma menina do Mar

um beijo, Graça

carlos pereira disse...

Querida amiga poeta Graça Pires;

"E da ondas veio uma serenidade que me amparou as mãos."

Magnífico poema. Gostei muito como sempre.
Beijo com carinho.

Olinda Melo disse...


Bom dia, Graça

Muito contente com a sua visita. A Majo tem o condão de aproximar pessoas. :)

Aqui mora a Poesia, sentimo-nos aconchegados na tranquilidade das suas belas palavras.

Vou seguir o seu blogue e, assim, poderei mergulhar-me neste mar que se me apresenta de feição. Poderá não me ver em termos de imagem, não sei o que acontece mas, agora, quando sigo algum blogue ela não aparece. Mas verá o número dos seus seguidores alterado.

Bj

Olinda

Lília Tavares disse...

Querida Graça,

Este poema do 'Caderno de Significados' leva-me para areias de conchas e algas onde deixei a minha alegria.

É preciso recriarmos as manhãs.

Beijinho.

Lília