29.8.17

Em seara alheia


NO PRINCÍPIO DOS PÁSSAROS

Nunca foi importante 
salvar o mundo
construir poemas
com palavras ininteligíveis

saber se és vento
barco relâmpago
mulher incerta
metáfora
escarpa
ou flor de estação

importante é quando passas
corpo de seara
sem magoar os cravos

e dulcíssima te desfolhas

Sempre me apaixonei
por esta desordem de cores
quando passas

não pelos teus passos
mas pela sua leveza
como no princípio dos pássaros

Eufrázio Filipe
In: Chão de Marés: colectânea de poesia 2013-2016. Póvoa de Santa Iria: Lua de Marfim, 2017, p. 105

51 comentários:

Graça Pires disse...

Junto-me às palavras da Licínia Quitério que escreveu: Lê-se Eufrázio como se navegássemos com ele nas tardes e madrugadas dos seus poemas, nos suaves acenos de uma pestana, de uma pena, de uma vírgula, como sinais, como marcos, da viagem dos seus livros que semeia ao ritmo do semeador, com a segurança do caminhante, com o pudor inconfessado do amante. Há silêncio e canto, desespero e esperança, dor e alegria nas suas praias infinitas, nas ondas de saliva ou espuma, nas romãs que sangram, no alto das ramadas onde se hasteia o beijo […]
Parabéns Eufrázio Filipe!

Laura Ferreira disse...

Gosto muito deste Senhor.

Ana disse...

Muito bonito o poema. Sentimentos, emoções e características bem trabalhadas!
Beijinhos,
http://chicana.blogs.sapo.pt/

Blog Donna Gatta disse...

Que lindo Graça!
Bjs.

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso!! Amei!!


Beijos

Fá menor disse...

Gosto muito. Uma musicalidade bucólica.

Grata por nos dares a conhecer este belíssimo poema.

Parabéns, Eufrásio Filipe!

Boa semana, amiga.
Beijinhos

Tais Luso disse...

Lindo, lindo, já começando ótimo pelo primeiro verso...
Obrigada, querida Graça, não conhecia o poeta!
Beijos, uma feliz semana!

Teresa Durães disse...

Um lindo poema como é habitual!

mz disse...

É voar com as palavras que se transformam poemas.
Muito delicado, Eufrázio Filipe. Parabéns.

Obrigada Graça pela partilha "Em Seara Alheia" aqui na Ortografia do Olhar.

Beijos

Marta Vinhais disse...

Não, não importa....
Importa sentir cada palavra...
Obrigada pela partilha e pela visita...
Regressei hoje...
Beijos e abraços
Marta

José Carlos Sant Anna disse...

Quanto lirismo para reafirmar em cada verso a paixão por...
Importa sabê-lo? Importa não desperdiçar o instante de sentir dentro de cada um de nós a ressonância deste pássaro.
Beijo,

Alfredo Rangel disse...

Graça,
Esta desordem de cores expressa bem o que busquei com "avesso".
Gosto desta sintonia entre poemas.
Gosto do poema que você soube tão bem escolher.
Não conhecia Eufrázio Filipe, mas conheço muito bem o seu bom gosto.
Gosto sempre de tuas indicções.

Beijo

Manuel Veiga disse...

um belo poema do nosso amigo, Eufrázio Filipe
gostei de ler aqui.

abraço para ambos

Mar Arável disse...

Grato minha amiga
Bjs sempre

Ana Bailune disse...

Tuia poesia segue um caminho suave, com passos delicados.

Nequéren Reis disse...

Arrasou amei, obrigado pela visita.
Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

Nequéren Reis disse...

Maravilhosas linhas amei, obrigado pela visita.
Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, Mestra, Graça Pires !
Parabéns pela escolha, tão bela, no
nascedouro de Eufrázio Filipe !
Uma feliz semana e um carinhoso abraço,
aqui do Brasil !
Sinval.

Victor Barão disse...

Parece-me um poema muito apaixonado, ao menos eu sinto-o, leio-o, como tal.
Mas não posso presumir de até ao momento desconhecer Eufrázio Filipe, poeta, como se isso fosse algum estranho ou excepcional em mim, que confesso desconhecer muitíssimos poetas dum modo geral, no feminino e no masculino.
Mas até por isso e aqui por respectivo intermédio da, em si mesma, excelente e para mim estimada poetisa Graça Pires, só posso agradecer a oportunidade de conhecer mais um poeta através de parte da sua própria obra, em sequência se mais uma foiçada da Graça "Em seara alheia".
Obrigado
Beijos, com votos dum excelente resto de semana
VB

Odete Ferreira disse...

Acompanho o Eufrázio Filipe há alguns anos.
A sua poética é inconfundível e de permanente voo, como os pássaros...
Parabéns pela escolha.
Bjinho

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo poema de que gostei bastante.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Emília Pinto disse...

Não importa o nome, não importa o poeta, o poema, a pintura. Conheço o nome deste poeta que, no seu mar arável, nos transmite o que lhe vai na alma e o que realmente lhe vai na alma só ele sabe; eu limito-me a saber o que a minha sentiu ao ler cada palavrinha de seus versos. Queremos todos salvar o mundo, mas que importância tem isso? Queremos todos escrever um belo poema, mas que importa? Queremos todos um lindo nome para os filhos, para os netos, mas que interessa ? Não sei o que significa o meu nome e nunca me preocupei em descobrir, porque na realidade o que importa é o que sou, o que sinto, o que transmito aos outros e não consigo fazê-lo com um belo poema, um maravilhoso quadro, mas simplesmente com um forte abraço, uma palavra amiga, uma mão sempre pronta. Bendigo aqueles que com belos poemas conseguem mostrar um pouco da sua alma, conseguem dar-se a conhecer aos outros, conseguem dar um pouco de luz aqueles que por varios motivos vivem dias de escuridão. Aqui encontro tudo isso Graca, poemas que relectem sentimentos, emoções e que me trazem a poesia que não sei colocar em papel. Obrigada, amiga. Um beijinho
Emilia

Bell disse...

Gostei!!!

bjokas =)

Ives disse...

Os pássaros entendem esse voo! abraços

Cadinho RoCo disse...

Em meio a tudo eis que nos encontramos por tantas vezes literalmente perdidos. www.hellowebradio.com ... você.Vem!
Cadinho RoCo

Nequéren Reis disse...

Sempre arrasando amei, obrigado pela visita.
Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

Arroz Di Leite disse...

Lindo poema!!
bjs

Tânia Camargo

Nidja Andrade disse...

A leveza das palavras do poema se compara com a leveza e beleza dos pássaros!AbraçO

Suzete Brainer disse...

Um belo poema que espelha a excelente poética
do Eufrázio Filipe.
Graça, sempre excelentes as suas escolhas na partilha
no seu espaço, "ortografia do olhar" da poesia!...
Um beijo

Agostinho disse...

Eufrázio é da manhã
da tarde e da noite
é de todo o dia
é de todos os dias
é de todas as estações e apeadeiros
de qualquer cais
de chegada ou de partida
Eufrázio é poesia é vida

Bj.

Smareis disse...

Boa tarde Graça!'
Um poema escrito lindamente. Gostei muito!

Andei um pouco ausente , mais já tem atualização por lá.
Desejo que o mês de setembro seja de muitas bênçãos em sua vida.
Abraços e sorrisos!
Um ótimo dia!

Majo Dutra Rosado disse...

É realmente um poema muito belo e amoroso,
com as bases do inconfundível estilo deste
autor, que não fabrica rendas de palavras,
mas verdadeiros poemas de alma e sentires.
~~~ ABRAÇOS A AMBOS ~~~

Aline Goulart disse...

Que poesia bela, Graça! Eufrázio Filipe simplesmente arrasou.
Li mais de uma vez. Encantada!

Beijinhos.

© Piedade Araújo Sol disse...



gosto e admiro a poesia do Eufrázio Filipe que conheço do seu "Mar Arável"
lírica e que nos transporta ao voo nas escarpas da poesia
boa escolha.
beijinhos
:)

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gosto da poesia do Eufrázio Filipe

e gosto de o ver aqui no seu blogue.

Desejo que se encontre bem.
Bjs.
Irene Alves

Marta Moura disse...

Bom fim de semana Graça.

Jaime Portela disse...

O Eufrázio é um excelente poeta.
E este magnífico poema faz jus ao seu talento.
Bom fim de semana, amiga Graça.
Beijo.

Daniel Costa disse...

Graça Pires
A forma de pensar e escrever poesia de Eufrázio Filipe , vale a atenção de quem não se cansa de aprender, com todas as propostas literárias, sobretudo a que nos obrigam a pensar para interpretar.
Beijos

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia querida Graça
Lindo o poema de Eufrasio que compartilhou conosco. Um feliz mês de setembro para você e toda família. Grande abraço.

Anete disse...

Poema vívido e bastante denso... BONITO!
Bj

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, maravilhoso poema, todos os poemas do camarada Eufrázio são belos e objectivos.
Feliz semana,
AG

Ailime disse...

Boa tarde Graça,
Um poema lindíssimo de Eufrázio Filipe, o querido Mar Arável, com palavras muito belas de Licínia Quitério.
Obrigada pela partilha, minha Amiga.
Beijinhos e bom fim de semana.

Ana Freire disse...

Um poema que se desdobra em emoções, sensações, e imagens... e que adorei descobrir por aqui... mais uma partilha sensacional, de um autor cuja obra, confesso não conhecer...
Como sempre, uma partilha notável!
Beijinho! Desejando-lhe um óptimo fim de semana!
Ana

Pedro Luso disse...

Pois é, Graça, quando não publicas teus belos poemas, faz com que partilhemos poemas de outros poetas.
Ótimo domingo.
Um beijo.
Pedro

Tais Luso disse...

Lá em cima, no meu comentário, escrevi que não conhecia o poeta... falha minha, é Eufrázio Filipe, do 'Blog Mar Arável'. Falhou a memória. Deixo minhas desculpas.
beijos!

Louraini Christmann - Lola disse...

Gostei demais!!!
E nem sei explicar o porquê!!
E precisa?

abraço
Lola

Maria Rodrigues disse...

Uma belíssima escolha.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Olá amiga!
Minha visita hoje é para lhe trazer um pouco de carinho, deixar meu abraço, me desculpando por não comentar sua maravilhosa postagem. Hoje o reumatismo atacou minha coluna, estou péssima para escrever. Vou seguindo a vida, um dia sorrindo outro dia mais tensa, o importante é estar viva.
Lhe desejo um fim de semana de muita paz, saúde e felicidade. Deixo esse pensamento do Padre Fábio de Melo,
“A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso, que a idéia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver.
Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existência as mais diversas formas de sementes...”
Abraços, permanece com Deus.

graça Alves disse...

Belíssimo poema e que forma extraordinária de dizer!
Obrigada, Graça!

Teresa Almeida disse...

"Sempre me apaixonei
por esta desordem de cores
quando passas"

Fica-me.

Beijo, Graça.

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Olá!
Para fugir da rotina, lancei hoje a brincadeira “POETISANDO E ENCANTANDO, no blog Filosofando na vida.
https://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
Vim convidar você a participar da saudável brincadeira.
Como acontece, postarei uma foto e a partir desta foto, criamos um verso. Não precisa ser poeta, basta usar da criatividade e postar seu versinho ou poesia em sua página. Exercite sua imaginação, use sua criatividade.
Comente, leve o selinho número 1º, desta saudável brincadeira.
Postarei aos domingos e deixarei durante toda segunda feira, a sequência da brincadeira para que facilite os participantes pegar seu selinho e a imagem.
O link desta página, ficará na lateral do meu blog.
Ficarei feliz com sua participação.
Abraços, Profª Lourdes Duarte.
Desculpe, estou com um convite, igual para todos, sei que és uma grande poetisa.