3.1.16

Um recomeço

Turner

Hesitantes, as palavras
procuram um ponto de partida,
um recomeço.
Manejo a corda de amarrar
as dobras do tempo
diluindo os nós de sangue
no recuo dos lábios.
Quero descobrir, num vinco de texto,
a caligrafia ajustada ao barro
que molda um favo de puríssima luz
só visível em gramáticas de espanto.

Graça Pires
De Uma claridade que cega, 2015

56 comentários:

Marta Vinhais disse...

E quando encontram esse ponto de partida, transformam-se.... Tornam-se elegantes, poderosas, intensas...
Bom Ano 2016...
Beijos e abraços
Marta

José Vilhena Moreira disse...

"um favo de puríssima luz"...tive um amigo que dizia conseguir sentir o aroma da luz...
um ano de 2016 pleno.
bj

Blog da Gigi disse...

Lindo ano!!!!!!!!!!! Beijos

anamar disse...

"Quero descobrir, num vinco de texto,
a caligrafia ajustada ao barro
que molda um favo de puríssima luz
só visível em gramáticas de espanto."

As minhas palavras bem perto das tuas, são um quase nada.

Mas há força de desejos de Bom ano Novo.

Saúde e inspiração.

Beijinho grande,

Ana

Toninho disse...

Nada mais lindo na poesia que esta viagem ao barro que molda um favo de puríssima luz.
Que lindo Graça.
Uma semana abençoada e bela para voce.
Meu carinho no abraço. Bju de paz.

Cidália Ferreira disse...

Lindo demais este poema! Parabéns

Beijo, bom Domingo.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Luis Eme disse...

É...

Mesmo que seja apenas o dia seguinte, é um recomeço...

abraço Graça

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Graça. Maravilha de poesia, um recomeço com intensidade, recomeço sério, moldado pelo barro e tomado pela forma da nossa escolha, que sejam elas as melhores possíveis!
Tenha um abençoado 2016 com paz, luz, saúde, fé, graça, misericórdias divinas,muito amor e a paz!
Beijos na alma!

Maria Luisa Adães disse...

Hoje não sinto em mim um recomeço

Mas uma partida mais próxima...

O poema é lindo!

Escreve muito bem...sabia?


Maria luísa

Teca M. Jorge disse...

Que bossa preciosa nesta escrita!!!
A maturidade no poemar... lindo!

Um beijo

MARIPA disse...


Querida Graça, a magia da sua escrita encanta-me. Admiro os "favos de puríssima luz" das suas palavras e a sua sensibilidade.

Grata pela sua amizade. Um Novo Ano com tudo de bom.

Beijinho.

Ailime disse...

Boa noite Graça,
Magnífico poema como sempre!
"...a caligrafia ajustada ao barro que molda um favo de puríssima luz só visível em gramáticas de espanto".
Aqui me detenho, porque a mensagem é fortíssima.
Nele exprime tanto da "claridade que cega", mas que ilumina o coração dos poetas maiores como a Graça.
Beijinhos e uma boa semana,
Ailime

Lídia Borges disse...


É um poema enorme, Graça, onde as palavras se tomam de um profundo conhecimento.

Beijinho


UIFPW08 disse...

Belíssimo poema reflectivo.
Um hino à liberdade.Obrigada pela partilha.
Desejo-lhe um excelente 2016 !

Beijinho
Morris

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, amiga Graça Pires !
Sabes extrapolar a beleza da poesia,
usando o mistério das letras em
harmoniosos e encantadores versos!
Parabéns, querida, com o meu fraterno
abraço, aqui do Brasil.
Sinval.

Mar Arável disse...

Na luz de um fósforo

Bj amigo

Graça Sampaio disse...

Muito bonito! Encantam-me as palavras e tudo o que em volta delas paira como forma de as definir, de as explicar - como se isso fosse possível!

Gosto sempre muito destas suas «odes» breves e carregadas de beleza, de sensibilidade. A de hoje é um espanto de meta linguagem.

Beijinhos e Bom Ano!

Zilani Célia disse...

OI GRAÇA!
NA INTENSIDADE DE TEU TEXTO, A FORÇA DA PALAVRA, AO ENCONTRAR SEU PONTO DE PARTIDA, OS LÁBIOS...
ABRÇS AMIGA E UM 2016 DE MUITA PAZ E LUZ.
zilaniceliablogspot.com.br

Odete Ferreira disse...

E com as palavras acontece sempre um "recomeço"; toma-se outra forma, sim, como se fosse outro "barro".
"Espanto-me" com a tua elevada poesia, Graça.
Que 2016 te seja um ano extremamente favorável.~
Bjo :)

Daniel Costa disse...

Graça Pires, embora por hesitantes que possam ser as palavras, no caso elas refletem, um pensamento poética bem firme.

Isa Sá disse...

Muito bonito. Que seja um recomeço feliz!

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Suzete Brainer disse...

Primeiro a obra, uma pintura encantadora aos olhos!
O espanto precisa ir além da gramática, começa com o olhar,
o olhar poético!...
Beijo e desejos de bom ano!

Ana Freire disse...

Um recomeço... brilhante, por aqui, Graça!
Um 2016, repleto de inspiração e talento... emoção e encanto... graças às suas palavras, Graça!
Beijinhos! Boa semana! Bom ano!
Ana

Cadinho RoCo disse...

Muito por acontecer em 2016 e que todas estejam em sintonia com seu querer desejando-lhe assim muita inspiração, luz e amor no coração.
Cadinho RoCo

heretico disse...

"gramáticas de espanto" como marca de água de uma "puríssima luz - tua Poesia!

a tocar o sublime, Graça.

beijo.

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite Graça.
Um lindo poema. Feliz semana minha amiga. Beijos.

ॐ Shirley ॐ disse...

Como sempre, você soube moldar lindamente um poema.
Graça, beijos!

São disse...

"A caligrafia ajustada ao barro" , minha amiga, descobres sempre.

Beijinhos e bom 2016!

mz disse...

O espanto é toda a capacidade de fazer poemas tão belos com as palavras de todos os dias.

Graça, obrigada pela partilha da sua escrita, foi uma bênção encontrá-la em 2015. Espero que se encha de luz para poder expressar tudo o que lhe diz o coração.

Que seja um Bom Ano, este 2016!

Beijo

Nequéren Reis disse...

Poema maravilhoso amei, 2016 cheia de realizações
Canal: https://www.youtube.com/watch?v=44dbnHrYIP4
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

Nequéren Reis disse...

Que maximo amei a poesia
Canal: https://www.youtube.com/watch?v=44dbnHrYIP4
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

Henrique Antunes Ferreira disse...

Graçamiga

Se fosse capaz de comentar este estonteante poema - e infelizmente não sou... - diria que mais uma vez me deixaste sem ar nos pulmões tal é a emoção!

Estou vivo; depois das malandrices que me fez o google, mudei-me para o SAPO Aqui vão os meus novos dados. Espero que me visites e como sempre fizeste me comentes...

http://atravessadoferreira.blogs.sapo.pt

henrique20091941@sapo.pt


Fico à tua espera...Por favor manda-me o teu imeile, pois perdi mais de 1 300 endereços; além de também terem sido REMOVIDOS pelo Blogger 13 anos de trabalho. É muito!...

Qjs do Leãozão

Fê blue bird disse...

Amiga Graça.

Não tenho palavras para qualificar a magia e a intensidade das suas palavras.
Um recomeço moldado com sabedoria.

Desejo-lhe um ano novo repleto de inspiração.
Um beijinho

Cristina Sousa disse...

Olá Graça,

Um poema enorme. Um brinde ao recomeço.

Beijo

LuísM Castanheira disse...

as "naus" das descobertas...estas, palavras que fazem e se fazem à luz.

com um beijo amigo.

teresa p. disse...


Sublime este "recomeço" que nos transporta ao tempo da inocência e do sonho, numa viagem mágica...
Perfeita a imagem que o ilustra!
Beijo.

Maria Sem Limites disse...

Mais um texto que eu adorei, tens cá um jeitão para isto. Beijinhos.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Um recomeço na continuidade da sua
maravilhosa poesia.
Bjs.
Irene Alves

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente poesia....
Votos de um Bom Ano Novo....
Cumprimentos

Anete disse...

Lendo o seu poema lembrei-me do Ensaio Sobre a Cegueira e o Ensaio Sobre a Lucidez/Saramago!
Palavras rereflexivas demais!!
Um bom recomeço/2016, Graça. Muitas inspirações e realizações. Muita paz e saúde.

ManuelFL disse...

Com este poema, que abre o seu luminoso e mais recente livro, Graça Pires revela-nos a sua arte poética como procura sem fim, quase circular - «as palavras procuram um ponto de partida, um recomeço”-, trabalho minucioso de artesão - «caligrafia ajustada ao barro» -, tarefa árdua e persistente - «manejo a corda de amarrar as dobras do tempo» -, disponibilidade para se deixar invadir ou moldar «por um favo de puríssima luz», corpo poético aberto ao deslumbramento de «gramáticas de espanto».
O espanto é nosso, perante tanta beleza, a que a pintura de Turner se associa com notável felicidade, diria mesmo, com cúmplice claridade.

Teresa Durães disse...

"Quero descobrir, num vinco de texto, a caligrafia ajustada ao barro que molda um favo de puríssima luz só visível em gramáticas de espanto.", lindíssimo!

Majo disse...

~~~
~ Volto a desejar-te

um ano de muitas concretizações sonhadas.

Musas e inspiração não faltem na composição

dos teus admiráveis, belos e singulares poemas.

~~~ Beijo, Poeta amiga. ~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Rita Freitas disse...

Excelente poema!

Beijinhos e um feliz ano 2016

Agostinho disse...

No início deste ano novo, não posso deixar de manifestar a minha gratidão pelas palavras calorosas que a Graça sempre me dispensou. E também pela poesia inspirada e inspiradora que partilha neste lugar.

Adivinho a poeta a evocar o barro,
a marcar a linha longa do equador
num gesto criador.
Depois, a afagar o fuso das palavras
da gramatical esperança
até que alcança:
na luz o espanto e o encanto.

Bj

Jaime Portela disse...

O Poeta é um oleira da palavra...
Excelente, como sempre.
Bom fim de semana Graça.
Beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

um recomeço hesitante, mas que pelas palavras é intenso.
muito belo o poema.
um beijo
:)

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

"Quero descobrir, num vinco de texto,
a caligrafia ajustada ao barro" --- e isto chega...

beijo amigo

Maria Rodrigues disse...

Todos os recomeços são um pouco hesitantes, é o receio do desconhecido que nos espera.
Maravilhoso Poema.
Beijinhos
Maria

fernanda disse...

Amo a tua poesia, como bem sabes, querida Graça! E agora estou ansiosa por ter o teu livro nas minhas mãos. Enviei-te (finalmente) um email. Desculpa as taralhoquices desta tua amiga de coração! Beijos grandes.

Maria Carvalhosa

Arthur Claro disse...

Muito bom essa poesia, criativa e reflexiva, parabéns.

Arthur Claro
http://www.arthur-claro.blogspot.com

manuela baptista disse...

luminosa a hesitação do criador
a desdobrar sem fim, o tempo


para as suas poesias, o melhor dos recomeços, Graça

AC disse...

Espantados continuamos nós com a respiração das suas palavras, Graça, tecidas em profunda beleza.

Um bom domingo :)

tulipa disse...


OLÁ GRAÇA

BOM ANO para si

Bela a imagem do RECOMEÇO. Gostei!

Comecei o ano a incentivar todos
para que pratiquem a terapia da GRATIDÃO:
Todos os dias agradeço
tudo que a Vida me deu,
mesmo quando não foi bem o que eu queria,
como aconteceu na 5ª feira passada,
aprendo que talvez o que eu queria,
não era bem o que Deus decidiu para mim,
e agradeci.

Visite o meu "Ano Sabático"
lá agradeço a si e a todos

OBRIGADO A TODOS OS/AS AMIGOS/AS
Desejo-lhe uma excelente semana.

manuela barroso disse...

Hesitantes palavras que depois de moldadas com a mestria conhecida e reconhecida , provocam o espanto de quem lê.
Fantástica, Graça !
Beijinho grande !

MARILENE disse...

Do sentir nascem as palavras, ajustadas de forma perfeita em sua aplaudível criatividade. Lindo! Bjs.