8.8.16

Vem, cadência da música!

Monica Stewart

Traço na areia uma linha em movimento
de onda e rodo sobre mim mesma
quando as marés me bailam nas ancas.
Esta dança é em mim errática sedução.
O interlúdio da seda perfumada
em que me envolvo.
O jogo sensual no chão do peito,
como grito erguido sobre a língua.
Vem, cadência da música!
Suspende o silêncio que escorre
em pausas onduladas como água.
Encena-me em rituais profanos.
Acrescenta-me à partitura
ou ao gesto ensaiado e cerzido
nas rugas do meu corpo.
Vem e desliza inteira no êxtase da luz!

Graça Pires
De Uma claridade que cega, 2015

47 comentários:

mixtu disse...

Cadência musical
pausas onduladas...
poesia...


Ives disse...

Lindos traços que se movimentam! abração

Marta Vinhais disse...

E deixa que sonhe... Que ria e seja feliz... Agora, neste momento...
É tudo o que importa...
Lindo...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

silvioafonso disse...

.

Lavei meus olhos com a tua imagem
e a minha alma com as palavras que
disseste.

Um beijo luso brasileiro.

silvioafonso.

alfacinha disse...

poema no ritmo de felicidade
abraço

Simone Felic disse...

Um belo poema que dança com as palavras
e som a sintonia da música.
bjs

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

José Carlos Sant Anna disse...

Na relação direta do traçado ao imaginado nasce mais um belo poema, desdobrando-se a potência do olhar, abrindo-se à nitidez e à claridade “no êxtase da luz”.
Um beijo,

Maria Rodrigues disse...

Uma dança de poesia, maravilhoso!!!
Beijinhos
Maria

Nequéren Reis disse...

Que show de dança arrasou com as lindas palavras,
tenha uma semana abençoada.
Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

Sinval Santos da Silveira disse...

Ah... Amiga, Graça Pires !
Quanta ternura nestes versos...
" Encena-me em rituais profanos.
Acrescenta-me à partitura ou ao
gesto ensaiado e cerzido nas
rugas do meu corpo".
Seria uma heresia escrever, algo
além desta preciosa transcrição.
Parabéns e um carinhoso abraço,
aqui do Brasil.
Sinval.

CÉU disse...

Graça, minha amiga!

Como vai?

Ler o que escreve é sempre um deleite, uma dança para os sentidos, que despertos, podem até cegar, e por vezes, ficam, temporariamente, invisuais.

Gosto daquilo k a poetisa faz e pede. Que tudo se torne realidade, na vida e na escrita!

A imagem adequa-se mto bem ao seu poema. Parece-me uma mulata, uma africana, e portanto, a música dança-lhe nas veias, e então não há pé que resista, nem coração.

Sensualidade? Profana? Haverá algo de mais sagrado que o profano?

Um beijo com estima e apreço.

Arroz Di Leite disse...

Passando para lhe desejar uma semana abençoada.

Bjs

Tânia Camargo

Lucinalva disse...

Olá Graça
Desejo um belo final de semana querida. Poema interessante. Bjs

As Mulheres 4estacoes disse...

Por vezes, é bom deixar-se levar pela cadência da música e da poesia na vida.
Um abraço

Daniel Costa disse...

Graça Pires
O poema tem a beleza como a tecitura de um rendilhado que, o mar a espraiar-se no areia sugere.
Abraços

Isa Sá disse...

Mais um bonito poema!



Isabel Sá
Brilhos da Moda

Laura Ferreira disse...

Bela, esta música...

Poções de Arte disse...

Enquanto lia, imaginava a dança, as ondas, a sedução contida nas palavras.
Belo, como sempre!
Linda semana, abração esmagador.

Blog da Gigi disse...

Ótima semana!!!!!!!!!!!! Beijos

Mariangela do lago vieira disse...

Linda e leve cadência musical.
Uma bela sintonia, como a vida deve ser!
beijos, uma linda e abençoada tarde,
Mariangela

Ana Freire disse...

Uma cadência que me acalma... e me dá força... e que procurarei apreciá-la ao máximo, dentro de alguns dias...
Adorei-a revelada nas suas magníficas palavras, Graça!
Deixando um beijinho, e um abraço apertado, por estes dias, em que me ausentarei... mas contanto voltar aos blogues, lá para o início de Setembro!
Até lá, desejando-lhe um excelente mês de Agosto, repleto de bons momentos e alegrias!
Ana

Sara com Cafe disse...

Lindíssimo. Parabéns!!!

Abraço.

LuísM Castanheira disse...

o espaço e o tempo, num ritmo sensual, nostálgico e "profano".
o silêncio quebrado pelo imaginário,na dança do espírito.
como se toda uma vida ali estivesse contida, no poema. e que só a escrita de uma mulher, e grande poeta, o podesse retratar.
fica-me o desejo de o ler, mais e mais...
um beijo, minha amiga e que as " rugas" sejam a nossa história.

Suzete Brainer disse...

A dança feminina nos movimentos da sensualidade própria e a dança da alma,
em sua luz, no sentido da música, que na poeta reside em sua cadência da
singularidade e da poesia a inscrever tamanha beleza expressiva!...

A sua poética, Graça, é um caminho luminoso da grande arte e sempre
naquela cadência da excelência que evoca emoções vivas.

Beijo e grande abraço de admiração.

Pedro Luso disse...

Um excelente poema, o seu “Vem, cadência da música!
A bela pintura do post encaixa-se perfeitamente ao seu canto.
Abraço, Graça.

Toninho disse...

Que lindo Graça.
Vi a dança, o corpo girando sobre o corpo,
tocado pelas ondas que se elevavam.
Bonita ilustração.
Bjs

Anjopoesia Anp disse...

Nossa que lindo poema cheio de expressões poéticas, parabéns...

Ailime disse...

Boa tarde Graça,
A poesia no seu mais elevado nível numa cadência rítmica deslumbrante, qual bailado a envolvê-la num cenário poético perfeito. As marés, a dança e a luz pérolas que preenchem o seu maravilhoso livro Uma Claridade que Cega.
Um grande momento poético.
Beijinhos, minha amiga.
Ailime

ManuelFL disse...

Não é fácil traduzir, não é possível comunicar, em palavras outras que não as da autora, a extraordinária paleta de emoções deste poema da Graça. “Errática sedução, interlúdio da seda perfumada, grito erguido sobre a língua, silêncio que escorre, êxtase da luz!”

Resta-nos proclamar, como a poeta: «Vem, cadência da música!»

Como sempre, imagem feliz para um poema deslumbrante.

Beijo, Graça.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde linda poesia e dança, sua poesia é maravilhosa.
Resto de boa semana,
AG

Majo Dutra disse...

Este 'post' passou-me neste torvelinho
que envolve a criação e leitura.
Estranhei a falta da sua presença, fui
procurar o seu blogue e encontrei este
poema sobremaneira original e belo!
Mais que belo, sinto-o magnífico no
seu brilhante canto sensual...
Agradeço estes excelentes momentos.
~~~ Beijinho, estimada amiga ~~~

Humberto Maranduva disse...

Este seu poema transborda sensibilidade, sensualidade, senso e maturidade. Ele é pleno de brilho e inspiração. Uma delícia, enfim...

Beijo

Lídia Borges disse...


Sempre que releio me deixo encantar.

Beijo meu, Graça!

Lídia

graça Alves disse...

Gosto muitoooo!
Beijinho, Graça!

International Directory Blogspot disse...

Hello . Want to share your blog with the world? To find people who share the same passions as you? Come join us.
Register the name of your blog URL, the country
The activity is only friendly
Imperative to follow our blog to validate your registration
We hope that you will know our website from you friends.
http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/
Have a great day
friendly
Chris
please Follow our return
All entries will receive a corresponding Awards has your blog
+++++++
Bom dia. Quer compartilhar seu blog com o mundo? Para encontrar pessoas que partilham as mesmas paixões como você? Venha se juntar a nós.
Registrar o nome do seu blog URL, o país
A atividade é apenas amigável
Imperativo para seguir o nosso blog para validar a sua inscrição
Esperamos que você vai saber o nosso site a partir de você amigos.
http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com/
Tenha um ótimo dia
amigável
Chris
Seguimos seu blog, siga o nosso retorno
Todas as entradas receberá um Prêmios correspondente tem seu blog

© Piedade Araújo Sol disse...

o poema em movimento
na cadencia da música
que só o Poeta sabe

uma imagem muito bem escolhida para um excelente trabalho

beijinho
:)

teresa p. disse...

Dança sublime, plena de ritmo, sensibilidade e sensualidade.
"...rodo sobre mim mesmo quando as marés me bailam nas ancas"
Todas as imagens poéticas transmitem a "cadência da música". Lindo!!!
A pintura é maravilhosa e a condizer com o tema.
Beijo.

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Graça.
Lindo. Leva-nos a seguir, na cadência da música e a envolver-se na dança das palavras.
bj amg

Manuel Veiga disse...

concerto de jazz em noites de Agosto - quentes e luarentas.

belíssimo, Graça.

beijo

São disse...

Uma ode á beleza da música e da dança...

Bom fim de semana alargado, linda, e grande abraço

⊰✿⊱France ⊰✿⊱ disse...

PASSE UNE BELLE soirée je t'embrasse

Silenciosamente ouvindo... disse...

Tudo perfeito as palavras e a imagem.
Adorei.
Desejo muito que apesar do calor a
amiga esteja bem.
Bjs.
Irene Alves

Alfredo Rangel disse...

Belíssima poesia em linguagem sedutora, o que prova a excelência da poeta. Texto forte, versos ousados, como a poesia exige. Beijo, Graça.

Zilani Célia disse...

OI GRAÇA!
A IMAGEM LINDA VALORIZANDO A MARAVILHA QUE É TEU TEXTO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Odete Ferreira disse...

Precisamos de nos seduzir a nós próprios; a dança tem esse condão!
Muito bem entrosada a mensagem e a linguagem.
Bjo, amiga :)

solfirmino disse...

Nossa, gostei muito do ritmo sensual do poema. A forma como dispôs as palavras deu um toque especial. Beijo

Agostinho disse...

Uma linha, silhueta em movimento perpétuo
A harmonia que equilibra e nos põe de pé.
Para todos os dias uma benção,
graça animada de poesia, a Graça!