21.6.09

Em seara alheia


Anjo

Acreditei num anjo que vivia
no parapeito granítico do quarto.
Não tinha altura, a única medida
eram as asas abertas
como as das borboletas sobre
o milho. Uma asa quebrou-se
no entanto continuava asa
às vezes mais forte do que a outra.
Fascinava-me o anjo da janela.
No alvoroço dos meus sete anos
contei-lhe um namoro de meninos
e amoras. O anjo caiu.

Maria Augusta Silva
In: Dança de Matisse. Vila Nova de Famalicão: Quasi, 2004

36 comentários:

Paula Raposo disse...

Gostei da ternura do poema. Beijos.

bonecadetrapos disse...

"No alvoroço dos meus sete anos
contei-lhe um namoro de meninos
e amoras."

Ainda conto. Não tenho sete anos ... para falar verdade, sequer sei a minha idade ... a volatilidade dos "trapos" dá-me essa condição.

Por vezes os "anjos caiem". Ai, amparada no que não sei, se Deus ou Universo, tenho a graça de encontrar, aqui e ali, e mais além, poetas como a senhora que, generosamente me conduzem a outros poetas como neste caso e que, confesso, desconhecia. E agradeço. E (re)acredito.

Saudações com estima. A ambas.

*__bonecadetrapos___*

simplesmenteeu disse...

Num toque esvoaçante de ternura, um poema que roça em nós, como uma memória de infancia.
Gostei muito. Um nome que eu não conhecia.

Abraço
apertado de ternura

Marta disse...

A ternura, o fascínio pelas histórias que se escutam, inventam-se e em que se triunfa sempre...
Lindo...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

mariab disse...

um doce poema com o perfume da infância. obrigada por divulgares.
beijos

Pena disse...

Um poema lindo. Delicioso. Fantástico.
É como regressar de novo como Anjos à terna e pura Infância.
Excelente. Adorei.
Parabéns sinceros.
FABULOSO.
Abraço

pena

© Piedade Araújo Sol disse...

Querida Graça

um poema doce e terno.

uma boa escolha de uma autora que confesso desconhecia.

obrigada!

Beij

JMV disse...

Curioso poema.Fico a pensar nele.

um beijinho

hfm disse...

Como gostei de conhecer!

Argos disse...

Um belo poema nostálgico.
Mas…os anjos caem ou somos nós que os derrubamos?

Abraço

maré disse...

Os anjos na minha janela
que vestiam de alvoroço a infãncia,
sucumbiram à voracidade do sol.

concerto agora o destino do olhar
a redimir a condição para existir.

_____
Também não conhecia Graça.
Obrigada. E um beijo, imensíssimo

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O importante é ter um anjo pra escutar o que nossa vida tem a dizer...

Beijo grande, Graça.

Que sua semana seja de luz!

Rebeca

-

Fa menor disse...

Anjo de asa quebrada... só cai com um vento muito forte. Foi o que aconteceu!

Bjinhos

Gisela Rosa disse...

"Uma asa quebrou-se
no entanto continuava asa
às vezes mais forte do que a outra."


Lindo este poema de Maria Augusta Silva

Um beijo Graça e obrigada!

Luis Eme disse...

bonito...

abraço Graça

Mar Arável disse...

Repito

Um dia havemos de ser crianças

Menina Marota disse...

"...Uma asa quebrou-se
no entanto continuava asa
às vezes mais forte do que a outra."

Porque a Vida é assim mesmo..

Um excelente reflexo, talvez sobre nós próprios.

Um grande beijo e um bom S. João.

Teresa Durães disse...

bons são os anos em que os anjos nos acompanham. Mas, caiu?

maria m. disse...

bonito este poema de Maria Augusta Silva. Desconhecia a autora. Obrigada, Graça, e muitos beijinhos.

teresa p. disse...

Um sussurar de asas...
Muito lindo este poema!
Beijo.

heretico disse...

misturar anjos e amoras é no que dá: as moras ruborizam a face e os anjos perdem as asas...

gostei muito.

beijo

Victor Oliveira Mateus disse...

O que me fascina na escrita da Maria Augusta Silva (poesia e prosa) é o modo como ela articula
a experiência vivida no dia-a-dia (passada e presente) com todo o universo das emoções. Uma escrita do equilíbrio.
Boa escolha, Graça.
Um beijo, minha amiga.

v.

segredo disse...

Um poema cheio de ternura...
Quantas vezes mesmo de "asa" partida somos mais fortes?
Beijinho de lua*.*

mariabesuga disse...

"O anjo caíu"
...porque anjos não se dão com alvoroço nas palavras. Passa por vezes o sonho da companhia de um anjo no parapeito da minha janela...

Muito bonito!... Obrigada por dar a conhecer.

Vieira Calado disse...

Os anjos não namoram...

coitados... não têm sexo...


Beijocas

São disse...

Minha linda, parabéns pela contínua generosidade e pelo bom gosto das escolhas.

Um abraço.

O Profeta disse...

Nascem a todo o instante
Os sentires vindos da alma
Tatuados a cada semblante

Um beijo na tua procura
Um abraço fica suspenso
Um sorriso desponta da tristeza
Um olhar prende o momento


Boa semana



Doce beijo

Beta disse...

Esse belo poema lembrou-me o conto “Réquiem por um Fugitivo" do Caio Fernando Abreu. Algo entre o mistério e a infância. "Anjo" é de uma dor luminosa, que se abre à vida, em oposição a grande falta de sentido que empalidece os dias do menino personagem do Caio. Também ressalto a ternura dos versos de Maria Augusta Silva, já destacada aqui por alguém em outro comentário. =)
Um beijo,

Maria Clarinda disse...

Excelente o teu post, adorei o poema que dizes ser da autoria de Maria Augusta Silva, obrigada pela partilha,bem escolhidas as fotos, Graça.
Jinhos mil

Mofina Mendes disse...

Os anjos praticam mto a arte de cair... Mas acabam sempre por se tornarem íntimos.

Beijinho

mateo disse...

Acreditamos. Moldamos a imagem.
Por fim... uma história.
E esfuma-se a fé.
Beijo.

Nilson Barcelli disse...

As 3 últimas palavras, no meu entender, são a alma que conferem a excelência ao poema.
Não conhecia nada da autora, mas fiquei com apetite de a ler mais...
Querida amiga, tem um bom resto de semana.
Um abraço.

Laura disse...

Que ternura!

De Amor e de Terra disse...

Que Anjo distraído!!!
obrigada Amiga e Parabéns por me/nos trazeres essa Autora que não conheço e de cujo poema gostei tanto.

Beijos

Maria Mamede

A.S. disse...

Graça...

Todos temos recordações da infância que nos falam de anjos... Lembro-me de uma gravura de um Anjo da Guarda que protegia uma criança de olhos vendados que brincava junto a um lago e que o Anjo Protector guiava os seus passos...

BjO"ss

Parapeito disse...

...haverá sempre anjos :))
Um abraço*****