3.3.15

Cumplicidades

David Hill e Robert Adamson


Não gosto de me vestir com cor laranja, disseste. 
Sentes-te mundana, libertina. 
Com uma euforia que não habita 
o teu olhar aprisionado de sombras.

Graça Pires
De A incidência da luz, 2011

51 comentários:

Marta Vinhais disse...

Mas ha momentos em que nos devemos sentir euforicos e abraçados numa cor quente...
Mesmo que seja por um instante...
Obrigada pela partilha
Beijos e abraços
Marta

✿ chica disse...

As sombras do coração podem se mostrar no modo de vestir! bjs, chica

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Achei o poema bem humorado.
Bjs

Teresa Durães disse...

Um poema que dava um romance! Gostei!

Luis Eme disse...

como eu a compreendo. :)

abraço Graça

São disse...

Depois desta experiência com Passos, nem pensar em cores alaranjadas, meu DEus!!!

O poema é bonito ...e peço desculpa pelo desabafo :)

Beijinhos amigos

Carmem Grinheiro disse...

Olá Graça,
Sou de opinião que as cores da roupa refletem o estado de alma. Mas, por outro lado, há em mim, por vezes, e são muitas, a necessidade de contrariar esse estado interior com um exterior que chame a alegria. É como o batom vermelho, uso-o mais, quando estou de alma mais cinzenta.
;)
um bj amg

Ives disse...

Acho que me enquadro bem na linda poesia! abração

manuela baptista disse...

o sentido do olhar

porque laranja, é para se comer com muito sumo

um abraço, Graça

Majo disse...

~
~ Laranja é a cor preferida das crianças, é a cor da alegria, infelizmente - entre os adultos portugueses - anda com uma conotação muito negativa.

~ De facto, como foi poeticamente referido, as pessoas vestem-se de acordo com o seu estado de espírito.

~ ~ Dias felizes e iluminados. ~ ~
~ ~ ~

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa noite, Graça,
dizem que nos vestimos de acordo como estamos em nosso interior.
As cores vibrantes nos deixam mais alegres, com mais luz. Sempre gostei de usar roupas de cor preta, porém ultimamente estou com cores mais vibrantes, sinto-me melhor, com mais vida. Penso que há muita influência em nossa vida com as cores que usamos. Vamos usar a cor laranja! Grande abraço!

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Muito bonito...
...e, porém, é imperativo o arco-íris...

ॐ Shirley ॐ disse...

De repente, a cor ousada e alegre, pudesse colocar luz no olhar...
Graça, beijos!

MARILENE disse...

Sempre bela sua forma de se expressar.
Quando o olhar está coberto por sombras, nada melhor que colorir o exterior. Creio que tons quentes acabam por abraçar nossos pensamentos frios, naturalmente.
Você me fez lembrar das associações outrora presumidas, quanto ao vermelho. Bjs.

Isa Sá disse...

Temos que respeitar os gostos de cada um.

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Daniel Costa disse...

De verdade amo os pequenos poemas, como usas a que chamo pensamentos poéticos.
Acho muito bom o poder de síntese.
Abraços

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, é de muito mau gosto alguém se vestir de cor de laranja, só alguém vazio de memória, pode vestir-se de laranja.
AG

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, querida amiga, Graça Pires !
As vezes, temos medo, muito medo
do que gostamos...
Ficamos assustados.
Com muito carinho, um abraço aqui
do Brasil.
Sinval.

Fê blue bird disse...

De vez em quando devemos contrair o nosso sentir e vestir o que nos aprouver.

beijinho

Benó disse...

Libertina por vestir cor de laranja? Então que dizer ao vestir vermelho?
A cor da paixão, da alegria, a lembrar calor, das papoilas entre os trigais. Vamos vestir laranja a lembrar o sol para afugentar as sombras.
Um beijo, poetisa.

author casulo-online disse...

O cinza me aprisiona.

Um beijo!

vendedor de ilusão disse...

A expressiva foto enalteceu tão bela criação.
Beijo.

teresa p. disse...

A cor de laranja só a da própria fruta e, também, a do pôr-do-sol. Vestir dessa cor não faz mesmo o meu género...
O poema é singelo e a imagem corresponde bem ao tema "cumplicidades".
Beijo.

ManuelFL disse...

Minha laranja amarga e doce
Meu poema feito de gomos de saudade
Minha pena pesada e leve
Secreta e pura
Minha passagem para o breve
Breve instante da loucura …
ARY DOS SANTOS

Um beijo, Graça

Mar Arável disse...

Belo

Laranjas só espremidas
até ao caroço

Bj amiga

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Teca M. Jorge disse...

Simples, mas instigantes versos... beijo, beijo.

DE-PROPOSITO disse...

Penso que já estive por aqui
E, é claro que a cada momento que passa as coisas se alteram. Quero eu dizer,... a forma como vemos os MUNDO.

Abraço

Eduardo Aleixo disse...

Cumplicidade com a dor e o difícil da vida não exclui, não deve excluir,antes precisa da alegria da laranja,que tem sumo refrescante no de swerto do mundo e tem cor alegre.
Mas o poema é muuto belo.
As sombra nãio vivem sem o sol. Beijinho,amiga.
Eduardo Aleixo




Luria Corrêa disse...

Talvez seja medo,
mas isto facilmente é vencido pelas cores da vida, independente da roupa, da cor do tecido e de como o usa :)

Há beleza em tudo e muitas vezes ela nos salva de nossas próprias sombras.

Beijo!

© Piedade Araújo Sol disse...

por vezes temos de libertar as nossas sombras....

e quiçá uma cor até pode fazer milagres...

bom fim de semana.

beijo

:)

Bia Pedrosa disse...

inspirador

heretico disse...

um pouco mais de vermelho e o poema arde - em euforia!

belíssimo.

beijo

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois gostei mas também concordo que
há vários momentos, para as várias
cores.
Amiga, desejo que amanhã passe
um Feliz Dia da Mulher.
Bjs.
Irene Alves

AC disse...

O conforto interior tem muitas nuances...
Sempre bem, Graça!

Beijo :)

Evanir disse...

Sempre havera um amanhã para cada um de nós,
nosso futuro depende da nossa esperança ,
e acima de tudo nossa fé .
Por isso jamais vou desistir de lutar por ,
tudo , que eu acredito e não desisto
nunca de uma amizade , que sempre representou muito para mim.

Uma flor para
............. / .\. \.....Alegrar seu final de semana
........... / . . \ ..\ ..Para perfumar
......... / . . . `\ ..\ A tua alma
........ |. . . . . |. ..|Encher o
......... \ . . . ./ . ./.Teu coração
........... `=(\ /.=´.De Amor...
............. `-;`.-' ...Para te alegrar...
................ || _.-'| .Uma flor para
............. ,_|| \_,/ ..Te mostrar o mundo
........ , .... \|| .' ....Pleno de Amor,
...... |\ |\ ,. ||/ ......Felicidade,
....,.\` | /|.,|Y\, ....Amizade,
.....'-...'-._..\||/ ....Carinho
......... >_.-`Y| .....E Paz!
.............. ,_|| ......Uma flor para
................ \||.......Te desejar
................. || ......Um feliz dia Internacional da mulher.
Uma flor com todo meu carinho e amizade.
Beijos no seu coração.
Evanir.

jorge esteves disse...

As cores (na alma) de cada olhar. Será?...

jorge

Ana Tapadas disse...

Exactamente! Podia ser para mim essa poética cumplicidade...
Uma beleza.

Beijo meu

Agostinho disse...

Estados de alma, o pudor da cor
tão bem expresso no poema.

Boa noite, Graça.

Nidja Andrade disse...

Não é uma tarefa fácil. Mas eu sempre estou de olho em todos os blogs, por isso hoje reservei um tempinho pra estar visitando todos os blogs que sigo,desejo um ótimo começo de semana a ti. Bjs

Eduardo Aleixo disse...

Passei e deixo beijinho, estranhando o silêncio.

PERSEVERÂNÇA disse...

Feliz terça-feira!
Que lindo quadro,gostei.
Seja bem vinda ao Perseverança;
www.felicidadeamorpaixao.blogspot.com

Abraços

Nicinha

Menina Marota disse...

Uma metáfora inspiradora de cumplicidades. Gostei.

Um beijo :-)

Teresa Almeida disse...

Decididamente, não gosto de me vestir de cor de laranja.

Beijinho. :)

Ailime disse...

Boa noite Graça, um poema muito interessante, diferente. Achei graça e concordo em absoluto com o comentário do amigo Poeta Mar Aravel:)). Bjs Ailime

EU disse...

O verso em itálico pode ter muitos sentidos, mas eu gosto desta cor, enquanto cor e mesmo pela simbologia.
Ousar "vestir" essa cor, seria uma sã atitude. É preciso desanuviar e, quantas vezes, o alindamento exterior não ajuda a uma libertação interior...
Belo, Graça. Profundo!
Bjo :)

LuísM Castanheira disse...

Um "olhar aprisionado de sombras"
que bela é a frase para nos dar a imagem de alguém que tem medo do arco-íris.
Os outros como nosso espelho...
tão poucas as palavras, mas tão escolhidas e precisas. Belo!

Um beijo, Graça

Parapeito disse...

às vezes tem de ser...e lá está...nem sempre o que parece é...
Gostei muito.
Abraço e brisas doces ***

Humberto Maranduva disse...

O conceito do belo jaz na etimologia do desejo, libertino e puro, incandescente e terno.

Beijinhos

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Senteste mundana
mas senteste humana...

beijo

Toninho disse...

De bem com a vida
as cores liebrtam
sentimentos belos
que nem sempre expressamos.
Haja cor, haja amor e brilho no olhar.
Pronto gostei daqui.
Parabéns pela bela pagina inspiradora que a Ailime me trouxe.

Carinhoso abraço Graça.
Volto porque aqui há poesia.