12.3.15

Na proa azul dos teus olhos


53 comentários:

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Bela imagem: "na proa azul dos teus olhos". Lindo poeta, este mar, este mar na pena leve do teu poetar...

Beijo

Lídia Borges disse...


"Não esperes..."

Uma escrita no feminino que liberta.

Um beijo

Marta Vinhais disse...

Porque o azul esta sempre presente...
E a vida conhece todos os tons...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

Nidja Andrade disse...

Olá minha querida amiga, vim matar as saudades deste teu espaço tão aconchegante.Vim deixar-te meu reconhecimento por isso.Grande abraço e muita paz e harmonia em sua vida.

© Piedade Araújo Sol disse...

e mais uma vez o azul será porto de partida (ou chegada) mesmo que sejam (e não só) o brilho dos teus olhos.

que belo poema!

obrigada Graçinha

:)

⊰✿⊱France ⊰✿⊱ disse...

BONSOIR et bien je repars lire la traduction j'en ai besoin tu sais bisous je repasse

✿ chica disse...

Maravilha de poema inspirado no azul!! beijos, tudo de bom,chica

JAIRCLOPES disse...

Acróstico

Nunca espere que um favorável vento
As tuas ancas, deixe-as seguir viagem
Pois essa brisa em qualquer momento
Rareia falhando numa reversa viragem.

Os ventos podem atravessar teus ossos
Assim parece certa esquiva brincadeira
Zunem teus olhos azuis profundos poços
Um dia normal talvez sem eira nem beira.

Logo, entendo os teus limites um quanto
Dentro de proposta que o silêncio me faz
Então lamento e suponho esse teu pranto
Tento desse tal universo nunca ficar atrás.

E noite adentro me encontro perdido pois
Um mundo escuro que só me atormenta
Se fossemos considerar apenas nós dois
Ousaria dizer, o amor minhalma acalenta.

Lembro que és o veleiro no meu oceano
Hoje, justo navegando pela estrela polar
Onde perdura meu entendimento insano
Sobre quando alcançar um outro patamar.

O Puma disse...

Pelos sonhos acordados
é que vamos
Bjs

Daniel Costa disse...

O poema em forma de metáfora, está lindo por bem concebido e conseguido.
Beijos

Majo disse...

~
~ ~ Um incitamento para que a bela de bem orientados olhos azuis,
agarre com firmeza o leme do seu destino.

~ ~ ~ ~ Uma metáfora muito bela. ~ ~ ~ ~


~ ~ Abraço poético. ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~

Sinval Santos da Silveira disse...

Nossa, Poetisa Graça Pires !
Naveguei no lindo barco, descrito
por ti, sem destino e sem pressa
de chegar...
Parabéns, por aguçar a minha imaginação.
Um carinhoso abraço, enviado do
outro lado do mar, aqui do Brasil.
Sinval.

Jaime A. disse...

Lindo, JClopes.

Jaime A. disse...

Graça, depois de ler o seu comentário ao meu último poema vejo uma coincidência com o seu.

Adorei este poema marítimo.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Graça Sampaio disse...

Muito bonito! Imagem final belíssima!!

Mar Arável disse...

Para lá dos azuis


Bjs

Teca M. Jorge disse...

Libertação da alma... gostei!

Beijo e uma flor.

ParadoXos disse...

Parabéns pela poesia que nos faz respirar!

Um abraço

Heduardo

lis disse...

Os imprevistos do mar é que faz dele esse gigante!
Parabéns Graça pelo dom de desbravar as palavras e provocar as emoções aos seus leitores.
Um abraço e bons dias

Ives disse...

És teu guia! Fenomenal poesia, como só uma Maestrina das letras poderia reger! abração

Isa Sá disse...

Bonito poema.

Isabel Sá
https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Graça.
Que bela poesia.
E nessa imensidão, ela seguirá ao longe tendo o azul como a paz de seus dias, a visão mais clara e serena, conseguirá, sei disso.
Tenha um fim de semana de paz.
Beijos na alma.

Menina Marota disse...

"... a estrela polar brilha na proa azul dos teus olhos."

Que esse brilho permaneça para sempre.

Grata por este momento que adorei.

Um grande abraço de ternura

manuela baptista disse...

navega à bolina a menina dos olhos


um abraço, Graça

Elizabeth F. de Oliveira disse...

Minha querida amiga!
Não tens ideia da emoção que me percorreu a alma e os olhos ao ler esta homenagem. O mar da tua poesia navegou-me por inteiro.
Fiquei tão feliz, comovida, enlevada, pois bem o sabes o quanto tua poesia me significa e o quanto tua amizade também.
Ficou muito bonita a postagem, fiquei muito, imensamente feliz!
Momentos como esse cingem a vida de sentido e de beleza.
Meu imenso obrigada, hoje e sempre!
Um beijo, minha amiga-irmã!

Teresa Almeida disse...

Um convite claro e sedutor.
Que os ventos sejam favoráveis!
Beijinho, amiga.

heretico disse...

desafiantes vagas!
haja remos - nessa embarcação...

beijo

Ailime disse...

Boa noite Graça, um poema belíssimo de encorajamento a uma navegação que se deseja sempre guiada por ventos favoráveis.
Um beijinho e bom fim de semana.
Ailime
(No meu canto tomei a liberdade de publicar um dos seus poemas de que tanto gosto.
O mar também me navega o olhar...)

ॐ Shirley ॐ disse...

Maravilhoso, Graça!!!
Beijo!

EU disse...

Sim, não se deve esperar pelas ondas, antes ir nelas.
Um poema de exortação à acão. Muito bom, mesmo!
Bjo, Graça :)

vendedor de ilusão disse...

Belíssimo, encantador!

LuísM Castanheira disse...

há um mar... há sempre um mar,
no doce azul dum sempre olhar...
e como é repousante este amar.

um beijo, Graça

José María Souza Costa disse...

Olá
Hoje, 14/03, quando Celebramos o Dia Nacional da Poesia ( no Brasil ) vim, saudar-te, e trazer-te um pedaço da minha alegria.
És grande, portanto, sóis poeta poetisa.
Que o dom da luz divina, te guarde proteja.
Um abraço, e desejos de Paz e muita Luz.

DE-PROPOSITO disse...

A estrela polar,... o local onde se encontram os sonhos.

Felicidades
MANUEL

Giancarlo disse...

Molto bello!! Felice domenica a te...ciao.

Ana Tapadas disse...

É disso que eu gosto na tua poesia: ritmo, um suave lirismo que não é egocêntrico ...

Beijo grande

Agostinho disse...


Não temas escolher teu rumo
tu és o teu próprio barco
leme luzeiros para navegar.

A sua poesia, amiga Graça Pires, tem encanto para os que demandam um cais onde acostar.Obrigado pela sua presença no meu espaço com comentários motivadores.

Carmem Grinheiro disse...

Olá Graça,
Bravo.
Em tão poucas palavras tanta força impera, Graça.
Estes versos trazem um alerta ao mesmo tempo que impelem à ação - que seja: que as ancas se movam, numa caminhada segura rumo ao destino.
E não se aceitam dores, as artroses que não resmunguem - foi o pensamento que me ocorreu ;)

Bjn amg e tem um bom fim de semana

Parapeito disse...

tão lindo, sempre...nao importa as vezes que o"bebemos"...é um regalo para a sede ,doce Graça.
Abraço e brisas doces ***

helia disse...

O Azul é lindo e esta Poesia também !

Fê blue bird disse...

Segue viagem e sê feliz!

Beijinho emocionado por tanto me dizer.

Humberto Maranduva disse...

As ancas constituem a arquitectura do mundo. Alicerçam a fulgurante construção do Norte magnético cuja bússola é o coração.

Abraço, Graça.

Teresa Durães disse...

Um belo poema!

São disse...

LIndissimo, Graça, lindissimo!!

Grato abraço , amiga

teresa p. disse...

"Na proa azul dos teus olhos" é um poema pleno de imagens sublimes e comoventes.
Parabéns para a Elizabeth e para a Graça, por esta homenagem de Amizade.
Beijo

ManuelFL disse...

Um poema muito belo, uma vaga de azul impulsionando o veleiro da amizade.
Parabéns à Elizabeth e à Graça.


allmylife disse...

Que belo e sábio...não esperar o vento favorável, e seguir tentando manobrar o veleiro mesmo quando o vento não está favorável...é assim que seguimos na vida! Bjs =*

manuela barroso disse...


Um navegar cauteloso porque nem sempre as vagas deixam azuis.
Belo e tão cheio de poesia!
Beijinho!

Rita Freitas disse...

E é com o azul nos olhos e o brilho no olhar que deixo este cantinho :)

bjs

Gaby Soncini disse...

Muitas vezes a navegação parte de nós mesmos, e nem tanto dos bons ventos.

Muito bom!

Beijos!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, lindo poema de olhos azuis a navegar na proa do barco.
AG

Toninho disse...

Os olhos azuis, os faróis que guiam e direcionam onde o amor se faz ondulante.
Lindo demais.
Abraços.