17.5.15

Em seara alheia



Não há lucidez
nem no percurso das vítimas, nem no fel dos
carrascos

É essa a realidade carregada: a compreensão
suicida-se

Quando as frases correm telegráficas
ou tolhidas pelo receio de tropeçarem da boca
Não é fácil amar

NÃO É FÁCIL AMAR

Não é fácil amar
depois dos braços torcidos, das olheiras fundas
ou do marejar de lágrimas
de quem vê viscosos vultos
a derramarem calúnias. não é fácil
que o temor se despenhe na lama
e disperse todas as bondades, mesmo aquelas
que ainda arredam as cortinas das casas
com toda a delicadeza

Na grande ironia do sorriso de esguelha
antes de baterem contra a janela
os corvos saem.

Marília Miranda Lopes
In: Victorianas. Labirinto de Letras, 2015, p. 62-63

30 comentários:

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, querida amiga, Graça Pires !
As decepções desnudadas neste poema,
transbordam os limites da paciência.
Parabéns, pela bela seleção.
Um carinhoso abraço, aqui do Brasil.
Sinval.

Cidália Ferreira disse...

Gostei do poema!!

Excelente semana.

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Isa Sá disse...

Não é fácil mesmo.


Isabel Sá
hrrps://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, obrigado pela excelente partilha que é profunda.
Na vida e calha a todos, não é fácil amar todos os dias, assim como, não é fácil não amar todos dias.
AG

ॐ Shirley ॐ disse...

Detalhes que afugentam o amor...
Lindo!
Beijos!

Rita Freitas disse...

Lindo este poema. Nem sempre é fácil viver e amar, mas todo este turbilhão de emoções traduz-se em vida.
Beijinhos

Teresa Durães disse...

Não, não é nada fácil amar

(que pedido fizeste?)

© Piedade Araújo Sol disse...

não é mesmo fácil.
poema profundo e forte.
uma boa semana.
beijo
:)

Silenciosamente ouvindo... disse...

A vida tem muito de devepção e isto
poema fala muito bem de "partes da
vida".
Desejando que se encontre bem.
Bj.
Irene Alves

Reflexos e Sinais da Alma disse...

Olá Graça ,

Um Poema que diz tudo quando a dificuldade é grande , até no Amor ...

Bela Postagem e apresentando um Poema muito forte !

Um Beijinho e Boa semana :)
Luis Sousa

Marta Vinhais disse...

Não, não é fácil amar....Não é fácil lidar com a decepção.... Mas a vida é isso....
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Fê blue bird disse...

Um poema que tanto diz nas entrelinhas.
Não é fácil, não!

Aos poucos vou-me reerguendo minha amiga.
Um beijinho agradecido

Gaby Soncini disse...

Lindo poema!

Não é fácil amar depois de detalhes que vão enfraquecendo o coração.

Abraços!

Pérola disse...

Por vezes o grito de alma ensurdece-nos e toma-nos como gigante em sua mão.

Beijinhos

Menina Marota disse...

Como lava escorrendo em leito frio. Um grito que se eleva.

Um abraço de carinho

Andrea Liette disse...

O amor é a condição natural do homem. Não é fácil sentir "dispersa essa bondade". Belo poema em tom de desabafo. Um beijo, Graça.

Cadinho RoCo disse...

O que não é fácil também não tem de ser impossível.
Cadinho RoCo

AC disse...

Denúncia, revolta, algum sarcasmo...
Muito fortes, os poemas.

Um beijinho :)

Ailime disse...

Boa noite Graça,
Magnifico poema num alerta às barbaridades praticadas em nome do des(amor)!
Obrigada por me dar a conhecer mais uma excelente poetisa.
Um beijinho.
Ailime

Ailime disse...

Boa noite Graça, ilustrei mais um dos seus belíssimos poemas!
Como a admiro!
Um beijinho.
Ailime

Zilani Célia disse...

OI GRAÇA!
NÃO É FÁCIL AMAR, NÃO É MESMO, MAS, QUEM SABE A DIFICULDADE ESTEJA NA NOSSA PRÓPRIA INCAPACIDADE DE SENTIR E INSPIRAR AMOR?
LINDO DEMAIS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Graça, bom dia!
Na vida nada é perfeito!
E assim é o amor... Coitado de quem se apega somente nos defeitos!
Muito boa postagem.
Um ótimo dia.
Abraços,
Mariangela

Teca M. Jorge disse...

É... não é fácil... nada fácil...

Beijo.

teresa p. disse...

"Não é fácil amar", mas é o mais importante da vida...
Gostei muito do poema, parabéns à autora.
Beijo.

heretico disse...

uma Senhora poetisa - que não conhecia...
vou guardar-lhe o nome.

beijo

Maria Rodrigues disse...

Sim, amar não é fácil e manter acesa a chama do amor ainda é mais difícil.
Beijinhos
Maria

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Graça. Não é fácil mesmo amar. Pessoas são diferentes, geralmente exigentes e pouco tolerantes.
Pot mais que exista a cumplicidade, temos de der um cuidado imenso com o externo, esse, pode fragilizar as relações e colocar tudo de lindo por terra.
De fato, não é fácil amar e conviver. Uma arte para poucos.
Lindo dia.
Beijos na alma.

Agostinho disse...

Como há de o homem crescer, elevar-se em sentimentos, se lhe é servido, ao domicílio, o Circo Romano em fast food, todos os dias, em doses anestesiantes?
Boa poesia.

EU disse...

Uma excelente partilha.
Poesia que faz abalos.
Bjo, Graça

Samuel Pimenta disse...

Este levou-me às lágrimas (sou assim mesmo, emotivo). Saudades da Marília.