16.10.15

Escondido no decote

Francesca Woodman

Soletro lentamente a palavra mastro
e  no cesto da gávea pego nos binóculos
para anunciar terra à vista.
A única rota que procuro é a que leva
à ilha coberta de bosques.
Tenho o mapa do tesouro escondido no decote.
Por isso os marinheiros rondam, exasperados,
o meu corpo como se um mar violento os habitasse.

Graça Pires
De Espaço livre com barcos, 2014

55 comentários:

Blog da Gigi disse...

Abençoado final de semana!!!!!!!! Beijos

Ana Paula disse...

De uma exasperada delicadeza esse poema!
Uma combinação perfeita com a bela foto.
Beijo!

Alfredo Rangel disse...

Nesta ilha coberta de bosques, a descoberta do mapa do tesouro provoca o arrepio que toma conta dos marinheiros. É deles os prazer da descoberta.

Bell disse...

Lindo se sensual

bjokas =)

Fê blue bird disse...

Um decote que revela um tesouro inalcançável.
Uma imagem muito bem escolhida minha amiga.

um beijinho

Ives disse...

Uau! lindo! abração

Cleri Biotto disse...

Gosto muito do poema e da imagem, alias as imagens postadas por você são sensacionais/abraço

Lilly Silva disse...

Um poema sensual e lindo Graça, adorei!!
Beijos e belo fim de semana pra você


http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

Cidália Ferreira disse...

Lindo de se ler...Parabéns!!

Beijo, bom fim de semana.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

© Piedade Araújo Sol disse...

uauuu

um poema delicado e sensual.

gostei pois!

a imagem bem escolhida.

bom fim de semana.

beijinhos

:)

Marta Vinhais disse...

Um poema que descobre a sensualidade, a define....
Lindo...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Graça Sampaio disse...

Sensualidade fina com sabor a sal... Muito português. Muito bonito.

Beijos

Nequéren Reis disse...

Poema super encantador amei, bom final de semana.
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

ॐ Shirley ॐ disse...

Graça! Que lindo!
Beijos!!!

manuela barroso disse...

Os marinheiros têm razão: com este poetar e coração tão belo, é o encantamento da sereia!
Lindo, Graça! :)
beijinho!

Samuel Pimenta disse...

Que poema lindo!

Luis Eme disse...

Os decotes até são poesia...

abraço Graça

O Profeta disse...

É tudo tão breve
Habitamos as pedras
Inventamos sonhos
Vislumbramos quimeras

Mas, falemos dos suspiros dos pássaros
Falemos de ti
Nas irreprimíveis asas dos anjos
Na noite primeira dos mil encantos



Um radioso fim de semana



Doce beijo

Débora Teixeira. disse...

Um poema sensual,maravilhoso.
Beijos.

Agostinho disse...

As viagens, as cartas filigramas de suave recorte, promessas de ilhas à mão de semear tão facilmente alcançáveis aos olhos dos binóculos para encantamento de marinheiros e velhos lobos de mar.
Tudo belo, no poema verdadeiro por inteiro.

Boa semana , Graça, repleta de encantamento poético.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Muito sensual...
A magia de ser mulher.
Bjs.e bom fim de semana.
Irene Alves

Ailime disse...

Boa tarde Graça,
Majestoso poema!
A foto ilustra-o numa conjugação perfeita!
Um beijinho e bom fim-de-semana.
Ailime

MARIPA disse...


...e "escondido no decote" um poema a saber ao sal da sensualidade... Lindo e cheio da vitalidade do a[mar.

Gostei tanto, querida Graça!

Beijinho.

Mar Arável disse...

Sempre belo o teu decote

com poemas a céu aberto

Bj

São disse...

Excelente "decote", amiga

Bom serão e um abraço :)

Isa Sá disse...

Bonito poema!

Isabel Sá
http//brilhos-da-moda.blogspot.pt

ManuelFL disse...

Este poema da Graça é cheio de alacridade, alvoroço, ardor, uma festa dos sentidos, que nos torna afoitos na procura do «mapa do tesouro escondido no decote», onde certamente encontraremos a rota que conduzirá à sempre almejada «ilha coberta de bosques».
O tesouro que procuramos é um segredo à espera de ser revelado.

A fotografia é um espanto de erotismo, força e beleza.

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia Graça.
Um belo poema, retratando os mistérios do que há por trás de um decote. Uma linda semana. Beijos.

AC disse...

Graça,
Já nem sei que dizer acerca da forma maravilhosa com que tece as suas palavras. Muito bom.

Um beijinho :)

Majo disse...

~ ~ ~
~~~ Um decote poderoso...

~~~~ Poema singular
com belo cenário marítimo.

~ Adoro andar de barco...

~ Dias aprazíveis, Poeta.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~~~ Beijinho.
~~~~~~~~~~~~~~~

Magia da Inês disse...

シ Muito lindo!

Boa semana, cheia de alegrias.
Beijinhos.
✿˚° ·.

Teca M. Jorge disse...

Graciosamente intenso... um beijo e boa semana.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Graça.
Muito bom, metáforas ótimas e um conteúdo maravilhoso.
Amei o rico poema,parabéns!
Tenha um fim de semana de paz.
Beijos na alma.

Deixo-te um convite.
Em parceria com Zilda Oliveira, criamos um blog de poesia.
Contamos com a sua presença amiga.
Esperamos que goste.

http://divasdapoesianaturalmente.blogspot.com.br/

Sissym Mascarenhas disse...


Graça!!!!!!

Bom demais!!!!!! Li sorrindo. Isso sim é sensualidade. Que bonito!

Bjs

heretico disse...

até os "piratas", exasperados, rondam tão valioso tesouro...

beijo, boa Amiga


Parapeito disse...

Belo o decote...
tesouro as palavras.
Abraço e brisas doces ****

teresa p. disse...

Este belo poema é como uma história de aventuras onde se navega à procura do paraíso, uma "ilha coberta de bosques", com o mapa do tesouro escondido no decote. Tanta sensualidade justifica o alvoroço dos marinheiros...
A foto é maravilhosa e adequada.

mz disse...

O mistério dos tesouros e os esconderijos mais belos.

E belo
é
este pedaço de Espaço livre com barcos.

Lindo.

Beijo

MARILENE disse...

Com uma graça que aplaudo, a sensualidade de seus versos só mostra seu talento. Muito belo! Bjs.

Anete disse...

Bonito e instigante!
Uma boa semana, Graça...
Bjs

manuela baptista disse...

bonita forma de escrever desejo


um abraço, Graça

Ana Freire disse...

Um belo e sensual poema!...
Um convite à descoberta dessa ilha coberta de esperança... onde todos os tesouros estão escondidos...
Um beijinho, Graça! Boa semana... com melhor tempo, esperemos!
Ana

LuísM Castanheira disse...

Tudo no poema é belo e cheio de "tesouros" não escondidos.
A "terra à vista" dessa ilha prometedora não é mais bela que toda a rota que conduziu a ela. E podem os marinheiros sonhar... nesta metáfora de encantar.

Obrigado pelas palavras simpáticas deixadas no m/blog.
Fiquei muito sensibilizado

Não conhecia o poema de Sebastião da Gama que me deixou e ao lê-lo (mais tarde procurei-o na integra), compreendi como se tinha lembrado dele.

Um beijo amigo.

La Joie de Vivre! disse...

mais uma vez, adorei o post! parabéns :)

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, o mistério é atractivo, o poema é maravilhoso.
AG

alp disse...

Me gusta...una maravilla..y la imagen muy concreta...un beso desde Murcia....

Teresa Durães disse...

Duma sensualidade discreta muito bem conseguida!

Maria Rodrigues disse...

Sensual e muito belo.
Beijinhos
Maria

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, amiga Graça Pires !
Que belo encaminhamento poético,
sugerindo o faro apurado do homem,
em relação ao tesouro de mulher...
Um carinhoso abraço, aqui do Brasil.
Sinval.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Lúcia Soares disse...

Olá querida teu blog é lindo, bjs no teu coração

Blog da Gigi disse...

Abençoado final de semana!!!!!!! Beijos

Cidália Ferreira disse...

Lindo o seu texto de cima

Bom fim de semana
Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Elizabeth F. de Oliveira disse...

Uma bela analogia e o que me impressiona é a autenticidade poética de teus versos.
Há sentimento nas palavras, há uma força lírica subjacente que consagra aquele que os lê.
Saudades dessas leituras, apesar de ter teus livros em minha cabeceira.
Um beijo, minha querida!

Odete Ferreira disse...

A mulher será sempre a proa do(s) sonho(s)...
Belo e criativo poema, amiga.
Bjo :)