2.1.18

A respiração com que celebro cada instante

Albino Moura


Em silenciosa queda, o rasgo que vaza
secura e sangue abre-se à rendição
do gesto elevando as mãos.
No recinto dos cânticos mais discretos,
talvez haja um eco de salmos entoados
por nítidos anjos a devolver-me,
como herança inscrita em tábuas sagradas,
a respiração com que celebro cada instante.

Graça Pires
De Uma claridade que cega, 2015

56 comentários:

Ricardo- águialivre disse...

Bom dia. Sempre fico fascinado quando tenho oportunidade de visitar este lindo blogue. Poema maravilhoso
.
Poema: --- Sem ti ... Melancólico Castigo ---
.
Continuação de um Ano Nove feliz.

Sinval Santos da Silveira disse...

Querida Mestra/Poetisa, Graça Pires, bom dia !
Suave como plumas soltas ao vento, descreves,
poeticamente, as tuas lindas emoções.
Parabéns, com o meu carinhoso abraço, aqui do
Brasil.
Sinval.

Tais Luso disse...

Muito bonito, Graça! É bom termos em mente que tudo passa, tanto o bom como o ruim, depois da tempestade, do calor de um deserto, há um oásis.
Beijo, querida amiga, já retornando, também. Que bom voltar à rotina.

José Carlos Sant Anna disse...

Tão delicada essa voz para saudar o instante. Os cálices transbordando...
Que tenhamos todos um ano novo mais leve e pleno de realizações.
Um afetuoso abraço, Graça!

Larissa Santos disse...

Riqueza de poema. Adorei :))

-
Para o segundo dia do Ano, temos: "Perambular nesta viagem da vida"
.
Bjos e 2018 em grande.

Laura Ferreira disse...

belo, como sempre.

bom ano, Graça.

Marta Vinhais disse...

Encontra-se no deserto o oásis... e a luz....
Lindo...
Bom Ano 2018
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Lídia Borges disse...


"talvez haja um eco de salmos entoados"... Há, com certeza!

Um Novo Ano repleto de Poesia.

Beijo meu.

Lídia

Vanessa disse...

Um poema cheio de delicadeza e profundidade, gostei muito! Que 2018 seja um ano repleto de realizações, saúde e amor!
Tenha uma semana abençoada.

Daniel Costa disse...

Graça Pires
Belo o poema, sua imagem brilhante.
Bom Ano, de 2018

María Perlada disse...

Precioso poema.

Te deseo que este Año 2018 esté repleto de Amor, Paz, y Felicidad y que todos tus anhelos, deseos, propósitos y sueños se vean cumplidos.

¡¡¡FELIZ AÑO 2018!!!

Besos enormes.

Alfredo Rangel disse...

Linda poesia. A voz e os pensamentos sempre elevados ao Todo Poderoso. Mexe com a nossa alma. Graça, desejo-lhe tudo de melhor neste ano que se inicia, com muito carinho e um grande beijo. Feliz 2018

Humberto Maranduva disse...

Como diria António Damásio (2017), na sua obra "A Estranha Ordem das Coisas", "a vida, os sentimentos e as culturas humanas" vão insuflando em nós, quer queiramos quer não, essa atmosfera sublime que consegue a plenitude dos bem intencionados, porque se encontram de bem consigo próprios e em harmonia com a vida.
Um belo poema, como de resto nos tem habituado; subtil e transcendente.
Um beijo.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Excelente trabalho poético muito bem ilustrado, gostei.
Um abraço e Excelente 2018.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Mariazita disse...

Não tenho dúvidas de que há salmos entoados por Anjos…
Por isso cada instante deve ser celebrado, sim.
Magnífico poema!
E linda a imagem.

Um muito feliz 2018!

Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Mar Arável disse...

Boa memória de ti
Bj

Majo Dutra disse...

Devíamos ser mais atentos à respiração e aos instantes...
A vida e a saúde são realmente um milagre divino.
Um Ano Novo venturoso, estimada poeta e Amiga.
Abraço grande.
~~~~~~~~~

silvioafonso disse...

.
Aspire-me para dentro do seu peito.
Prenda nos seus braços, entre os seus
seios o que de maior você sabe que guardo
comigo. Segure na mão, essa mão que ora
treme de medo, de amor, de desejo, e faça
de mim, com os seus beijos o que o amor faz
de melhor com o seu coração.

Um beijo e feliz ano novo, meu anjo.

silvioafonso



ç

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso. Amei, como sempre!

Beijo. Um excelente ano de 2018

Maria Eu disse...

Celebremos, então, cada momento!

Beijos, Graça :)

Teca M. Jorge disse...

Que gratas e envolventes palavras!... me impressionou a doçura da imagem que acompanha o texto.
Feliz 2018!
Um beijo

Pedro Luso disse...

Belíssimo poema, fruto de uma alma sensível, delicada alma. Bravo!
Desejo a ti, Graça, um 2018 com saúde, com amor, com paz e muitos poemas.
Um beijo..
Pedro

Marco Luijken disse...

Hello Graça,
Nice words and wonderful image above.
I wish you all the luck and health for 2018!!

Greetings, Marco

Bell disse...

Um maravilhoso 2018 amiga.

bjokas =)

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Bom dia, querida Graça,
belíssimo texto e imagem.
A respiração, ato tão simples, mas talvez difícil traduzi-la em palavras , o que
você fez com maestria. Que possamos respirar tudo que é bom, neste ano que se inicia.
Feliz 2018! Beijos!

Isa Sá disse...

Bonito peoma.

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Maria Rodrigues disse...

Maravilhoso poema.
Desejo-lhe um Bom ano.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco


Agostinho disse...

A Poeta tem um jeito peculiar de iluminar os mistérios n'"Uma claridade que cega". É o caso do presente poema.

Que o sopro se mantenha,
"a respiração com que celebro cada instante"!
Assim vivo. E agradeço.

Para quê contestar se tudo se reduz
a heranças, a grãos de areia?
praia aonde irei parar, também,
Por isso escuto do mar a melopeia...

Bj. amigo. E que o sopro permaneça nas nossas vidas.

lis disse...

E assim,Graça nossa vida vai sendo contada em horas,
o tempo premente,quase nao aceita atraso e os anjos passam rapidinhos.
Se distraimos não os vemos.
Seu poema me remete a 'claridades' que são desejos e eu os ofereço.
Que celebre cada instante do seu dia, com alegria .
Um abraço com afeto

ANNA disse...

Muchas gracias por todo tus comentarios en las entradas
Besos

Nal Pontes disse...

Pequena poesia mas com tanto a dizer
Abçs amiga e um feliz 2018

alp disse...

Feliz Año..un saludo desde Murcia...un abrazo.

Rita Freitas disse...

Um feliz ano novo cheio de palavras belas. Beijinhos

Just Fantasy Bijuteria disse...

Lindos, o poema e a pintura. :) Um Feliz Ano 2018!

Suzete Brainer disse...

Que forma sublime de celebrar na respiração
da poesia, querida Poeta!
Saudades daqui, de respirar esta
preciosidade da sua arte poética! ...
Uma semana feliz neste respirar
sublime da Poesia!
Beijos.

ManuelFL disse...

Neste início de 2018 também eu, inspirado pelo poema da Graça, gostaria de deixar «como herança inscrita em tábuas sagradas, a respiração com que celebro cada instante».
Adorei a ilustração.
Beijo, Graça.

Ailime disse...

Boa tarde Graça,
Um poema lindíssimo repleto de uma luz intensa e profunda que ilumina de forma sublime a sua poesia.
Muito obrigada pelo seu carinho no canto meu. A perda do pai é motivo de grande dor, mas que o conforto dos amigos ajuda a suavizar.
Um grande beijinho e excelente 2018!
Ailime

Ana Freire disse...

Belíssimo poema, Graça!
De facto, estarmos vivos é motivo de sobra para celebrar... mas poucos acham tal... às vezes, começa-se a morrer por dentro, tão mais cedo, do que se dá por isso!...
Mais um trabalho belíssimo, para começar por aqui 2018, com a qualidade e profundidade, que a caracterizam, Graça!
Beijinho! Feliz 2018!
Ana

Ana Tapadas disse...

Belo poema...palavras que calam fundo no meu dia...
Beijinho

teresa p. disse...

Uma homenagem à vida,com "ecos de salmos",neste belíssimo poema, pleno de imagens vivas e profundas. A gravura é uma delícia.
Beijo.

Evanir disse...

Mesmo atrasada venho agradecer sua doce presença,
mesmo estando com dificuldades muito me alegro em responder.
Deus ilumine sua vida e guie seus passos por onde for necessário
passar.
Deus abençoe poderosamente sua família e amigos.
Um abraço e meu eterno carinho.
Evanir.
Feliz Ano Novo.

Victor Barão disse...

Estimada, Graça Pires, talvez pela minha poética iliteracia, por vezes custa-me mais entrar numas tão breves quanto substantivas palavras suas, do que me custa escrever e/ou ler um dos meus longos e se quando acaso enfadonhos textos _ isto sem pretensão de fazer comparações qualitativas/quantitativas de entre o que eu escrevo e o que escreve a estimada Graça, até porque tal seria absolutamente ridículo da minha parte, pelo que digo-o tão só como alusão à riqueza das suas palavras, que quando termino de entrar no espírito das mesmas, me tocam e se acaso preenchem muito para além do comum.

Obrigado e muitos parabéns

Beijo de muita estima

FELIZ 2018

LuísM Castanheira disse...

respira-se o instante.
a chama e o canto fundem-se
em palpitações cadenciadas de
emoções.
das mãos elevadas em
contrações, nascem esperanças
na arquitecturas dos sonhos.
desenho inspirador feito poesia.
...e a vida acontece.
e a ela fico 'rendido'.

Um beijo, minha Amiga, e um ano pleno.

Marta Moura disse...

Um excelente ano Graça.

Jaime Portela disse...

Celebrar o presente é talvez mais importante que celebrar o passado...
Excelente poema, parabéns.
Amiga Graça, um bom fim de semana.
Beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

Sim, e cada instante é mesmo para celebrar.
Porque a vida é isso mesmo.
Bom ano com boa e renovada inspiração.
beijinhos
:)

Lu Dantas disse...

Tão lindos o poema e a pintura!
Abraços!

mz disse...

Dar graças à vida em sublime poesia,aqui num subtil e tão discreto sentir.
Maravilhoso.

baili disse...

Happy New year dear Grace!

Beautifully written poem!

Celebrating each moment is precious act whish rises from the land of wisdom

manuela baptista disse...

enquanto soubermos celebrar, respiramos

a cada instante e que sejam muitos e pacíficos, Graça

um abraço

Anete disse...


Celebrar sempre com inspirações maravilhosas assim!
Bjs

Manuel Veiga disse...

que mais desejar o Poeta que não seja a Salvação pela Poesia?

poema muito belo. que não cede um milímetro a "facilidades" em voga

Beijo, Graça

Bom Ano

AC disse...

A percepção das coisas, os pequenos sinais, numa alma muito exigente...
Sempre tão bem, Graça!

Abraço :)

Roselia Bezerra disse...

Olá , querida Graça !
Uma suavidade que da gosto de ler e encantar o coração de ternura ...
Seja muito FELIZ e abencoada 2018!
Bjm de paz e bem

Odete Ferreira disse...

Saber, em cada momento, qual é a respiração relevante, é plenitude!
Magistral, a tua forma poética de colocar em palavras este pensamento, esta atitude perante a vida.
Com um aplauso, deixo um bjinho
(Curioso: o primeiro escrito deste ano, que, certamente, publicarei em breve, uso o termo respiração, para exprimir um sentir idêntico)

solfirmino disse...

Boa tarde, amiga, como sempre, toca minha alma e me faz chorar.
"...a respiração com que celebro cada instante"
Beijo