19.12.08

Em seara alheia

O Natal

Fotografia de Gisela Ramos Rosa: António Ramos Rosa a desenhar, Novembro de 2008


O campo que desdobro e rodopio é um corpo
que do meu corpo nasce, que do meu campo solto
António Ramos Rosa, Campo e Corpo

Nascerei sempre
que a palavra vier ter comigo
como a paisagem de uma manhã de
Natal
mesmo quando as pedras sem cor
me conduzirem por entre as calhas
e no horizonte só os barcos ausentes navegarem

nascerei sempre que as palavras amanhecerem
como fogueiras vermelhas de presença
e a tua voz incendiar o silêncio

ainda que minhas mãos
nem sempre encontrem uma janela
mas muros que crescem mesmo quando derrubados

mas nascerei, nascerei sempre que
na palavra encontrar o teu rosto


Gisela Ramos Rosa

07-12-08
Desejo a todos um Natal cheio de Amor e Luz...

77 comentários:

Paula Raposo disse...

Que fantástico poema!! Obrigada pela partilha. Feliz Natal também para ti. Muitos beijos.

CNS disse...

Obrigada pela belissima partilha.
Um feliz Natal para ti também.

um beijo

hfm disse...

Obrigada pelas palavras, pela imagem, pela amizade.

Um bom Natal para ti também.

isabel mendes ferreira disse...

o Teu rosto. Este poema do R.R.



.


a tua Luz.
.



.


b.e.i.j.o.
_________________.


(obrigada.)

Bandida disse...

nunca me vou esquecer dessas mãos e daquele abraço!


boas festas e um enorme beijo para ti!

jorge vicente disse...

e nascemos sempre quando saboreamos o natal. e a poesia. e a promessa de um novo ano.

muita luz também para ti e um óptimo natal

jorge

Gisela Ramos Rosa disse...

Querida Graça: Muito obrigada por colocar um poema meu no seu blogue, uma prenda de Natal que nunca esquecerei. Muito grata também pela sua sensibilidade, Gisela Ramos Rosa

José Manuel Vilhena disse...

"Que relação poderá haver entre a cabeça de uma gata e uma gota de orvalho?(...)Imagem absurda,se quisermos, mas de justeza evidente"
A.Ramos Rosa, Poesia,liberdade livre,1962
Li e sublinhei este livro infinitas vezes.

Gosto do seu blog. Venho cá às vezes.
Bom Natal, se for caso disso.

d'Angelo disse...

Graça, com toda a beleza da poesia da Gisela, eu diria que nós renasceremos sempre que nossos rostos encontrarem as suas palavras. Boas festas para você e para sua família.

Ailime disse...

Maravilhoso poema. Grata por partilhá-lo.
Agradeço e retribuo votos de um Feliz e Santo Natal.
Beijinhos.

Eduardo Aleixo disse...

Que lindo pema de Natal, do Natal sempre, de todos os dias, de procura em ti, de nascimento para o mundo da beleza e do amor, eis o que te desejo, com sorriso de estrela e carícia de mar.
Abraço. Eduardo

Licínia Quitério disse...

Aqui está um precioso brinde. Muito obrigada, Graça. Por tudo.

Festas muito felizes para ti.

Mofina Mendes disse...

Amiga Graça, muito muito muito obrigada...

FELIZ NATAL!

Beijinhos da,

Regina

Mofina Mendes disse...

e da menina e moça tb... :)

Tatiana disse...

Nossa que belas palavras encontro aqui... é sempre maravilhoso estar aqui!

Tenha um Natal de muita felicidade em seu belo coração!

Beijinho carinhoso para vc!

soledade disse...

Obrigada pelos bons votos, Graça, pelo poema, essa partilha, e pela fotografia. Os olhos prendem-se a esse azul :)
Um beijo, boas festas

Pena disse...

Doce Amiga:
Um poema fabuloso de esperança. Amor. Carinho e dedicação ao sentir belo da existência que "mora" desejada e ambicionada em nós. No poeta. Nas palavras lindas poéticas. Na sensibilidade maravilhosa de existir.
Lindo. Lindo. Lindo.
"...nascerei sempre que as palavras amanhecerem
como fogueiras vermelhas de presença
e a tua voz incendiar o silêncio

ainda que minhas mãos
nem sempre encontrem uma janela
mas muros que crescem mesmo quando derrubados

mas nascerei, nascerei sempre que
na palavra encontrar o teu rosto..."

Sem palavras...pela ternura...pelo encanto. Delicioso!
Beijinhos e FELIZ NATAL para si extensivo aos seus que ama.
Maravilhado...

pena

espelho sem reflexo disse...

Nascer a ler. Nascer a escrever.
As palavras como força do eterno regresso da memória.
Muito bonito.


Desejos de um Feliz Natal.

fvs

viernes disse...

as palavras começam realidades, são sempre nascimentos: uma palavra nova é um novo encontro...
Desejo-te boas festas e novas palavras,
um abraço

maré disse...

mesmo que só barcos
em águas in navegáveis

ainda que muros derrubados

as palavras
reconstroem o rosto.
_______

um beijo, grande.

ivone disse...

vim agradecer e retribuir os votos de boas festas
deixo_te com o pregão sem a voz da teresa salgueiro mas com muita amizade minha por este tempo que partilhei contigo por aqui

beijo

Olha a estrela de Alba
Chama da manhã

Ó manhã, o teu abraço
Oxalá
Me não apague
A paixão da minha alma

Ó paixão
Nem a manhã
Apaga a luz que tem a chama do teu belo olhar

Já é hora da chamada
Alto cantei


madredeus

Black Angel disse...

Bom Natal
são os meus votos
não comer muitos
fritos
para não engordar

mié disse...

obrigada.


... sem palavras.fico calada.


Um bom Natal para ti também.

Jaime A. disse...

Esperarei sempre esse nascimento,
estranhamente anual,
mas todo o divino é estranho...
Nasce comigo o calor,
o aconchego,
que só Deus sabe dar.
Os homens podem virar-se as costas,
mas até as pedras gritarão
que Jesus nasceu
e que os brinquedos,
as luzes,
se ofuscam pela Sua luz.
Só o poeta,
aferrado à palavra,
partilhador da palavra
é abraçado pelo Deus Menino,
que lhe honra as palavras.
E uma cintilação se esparsa,
suave,
por todos os lugares,
trazendo o equecimento
e deixando as lembranças
das palavras simples, brandas
do poeta...

dona tela disse...

Desculpe não me alongar no comentário, mas eu hoje venho só desejar umas Festas muito Felizes.

Adriana disse...

A cada Natal renascemos infinitanamente até o próximo ano.Meus melhores desejos de natal e ano novo para você e sua família.
Boas festas!

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Venho desejar-lhe um

BOM NATAL

em companhia dos seus.

Beijinho.

Victor Oliveira Mateus disse...

É lindo este poema da Gisela! São soberbas estas imagens da persistência para além das adversidades.

Feliz Natal e Bom 2009 para ti,
Graça... o mesmo para a Gisela!
Bjs.

teresa p. disse...

Lindo este poema de Natal, cheio de luz e esperança...
Beijo.

Véu de Maya disse...

lindíssimo poema.., estou para lhe desejar um Natal muito feliz... e Um Ano Novo com muita paz e amor no coraçãodos homens...

Um abraço

mundo azul disse...

_____________________________

Belíssimo poema!

Obrigada por traze-lo!


Beijos de luz, o meu carinho e um FELIZ NATAL!


___________________________________

© Piedade Araújo Sol disse...

embora o poema nao seja da sua autoria, obrigada por o ter postado, é muito bonito e a foto também.

um beij

AnaMar (pseudónimo) disse...

Um poema belíssimo a completar esses votos que agradeço e retribuo.
Boas Festas.

firmina12 disse...

graça,
venho também para desejar luzes vermelhas e verdes
e um acoração alegre

pront'habitar disse...

a todos nós um bom natal.

Hercília Fernandes disse...

Lindo poema, Graça.

Obrigada por compartilhar essa bela reflexão em versos.

É preciso renascer, só assim se volta à infância que há, viva, em nós.

Forte abraço.

Feliz Natal para você, familiares, amigos e leitores.

Hercília F.

Pena disse...

Doce Amiga:
Desculpe, repetir a visita.
Fascinante Amiga:
Não podia deixar de passar para lhe desejar votos de um SANTO NATAL na companhia da sua fantástica família de sonho.
Fica um extrato do meu sentir...
Por que és assim? Olhem, porque sou! Tinha de ser de alguma maneira!
O tempo passa. Não espera por ninguém, ou será que espera?
O profundo valor da existência que está patente em mim, conheço-o.
Bem demais!
Coabito na compreensão dos que me amam. Sinceros. Puros. Ternos. Entendedores.
Não vou falar do amor, porque há amor. Estou certo disso. Disso posso estar certo e convicto.
Certas palavras belas, maravilhosas, estão vivas. Presentes!
A vida que Deus me deu?
Claro que entendo e Lhe agradeço...

Deslumbrado e maravilhado pelo seu sentir tão lindo
Continue no seu sonho de pureza e beleza, linda amiga!
Beijinhos de agradecimento por existir e ser minha amiga

pena

LM,paris disse...

Bonjour amiga Graça,
renascer é a nossa sobrevivência.
Que lindo este poema, fiquei nostalgica...merci pour 'étoile, un si beau cadeau de NÖel, celle qui guide, qui aguidé.
Une étoile suffit à me guider dans l'ombre. Mil beijos, Natal feliz,
muita Paz. Até jà,
bjos de Paris.
LM

isabel mendes ferreira disse...

o Plano(alto) tem Graça Pires por lá....


hum que re.prazer.




beijOOOOOOO.

São disse...

Um bonito poema, com ilustração a condizer!

Para ti e para quem amas, que tudo seja como desejas, Graça!

Bom domingo.

JMA disse...

Descobri hoje
pela mão amiga de
Amélia Pais
este lugar
de maravilha.
Creio que posso dizer
que ganhei o dia.
E que aqui regressarei
sempre que um soluço
me atravesse a garganta
pelo raiar da noite.

JMA disse...

Habitei hoje
este lugar
pela mão amiga da
Amélia Pais.

E aqui regressarei
quando um soluço
me atravessar a garganta
no raiar da noite.

Ou ainda.

PiresF disse...

Excelente o poema que escolheste e não menos excelente a foto que o encima, para aqui marcares esta data.

Pois… lá vêem as recordações…

Querida Graça, um Bom Natal para Ti e um excelente Novo Ano extensivo a todos os teus.
Que inche de boas e novas ideias.

Enorme abraço, prima...

batista disse...

Um Bom Natal, Amiga!

lápis-lazúli disse...

Venho agradecer os bons votos e as palavras que nos deixa. Retribuo calorosamente: Boas Festas, Graça.
Um abraço

Um Poema disse...

....

Um Feliz Natal para ti e para quantos te são queridos.
Que 2009 seja um ano de esperança, de paz, de saúde e alegria e também, se possível, de alguma prosperidade.

Um abraço

mariah disse...

Um beijo de natal.
paz!

maria azenha

partilha de silêncios disse...

Desejo-lhe um Feliz Natal.

beijinhos

Vieira Calado disse...

Olá, de novo!

Procurei o seu mail, mas não o vejo, para dizer-lhe que só agora me apercebi de que, há um mês atrás, quando anunciei o meu novo livro, me pedia mais informações.
Bem. O livro está publicado e estará (calculo), ou já em livrarias, ou em vias de.
A editora fixou o preço em 8.50 €, mas eu tenho cá livros e faço acompanhá-lo dos 4 primeiros postais de poesia ilustrada, da minha Colecção Litoral. Claro que seguirá dedicado (se assim quiserem). Eu pago os portes.

Aproveito o ensejo para renovar os meus VOTOS DE BOM NATAL.

Beijinho

heretico disse...

grato pela emoção dos teus poemas e das tuas escolhas...

votos de Festas felizes.

Gauche disse...

Graça Pires,

fico feliz que tenha lhe agradado minhas aventuranças, não tão boas assim, rs. Se interessar-se pelo restante de meus textos, clique no Gauche e faça-me uma visita. Será uma honra. Os versos que citou, são os que carregam um dos maiores significados, se não o maior, a meu ver. Também gosto muito deles.

Obrigada mais uma vez.

Um forte abraço,
Jhenifer.

Azoth Diamante* azul disse...

O Natal é sempre uma bela época mas felizes são os homens que fazem de cada dia um Natal

Luis Eme disse...

agradeço e retribuo as tuas palavras bonitas.

abraço Graça

maré disse...

Natal Feliz!

... e um murmúrio de voz, no teu e- mail.

OBRIGADO!

beijos, Graça

Menina_marota disse...

São momentos como este, a lembrança do teu sorriso e do abraço que me ofertaste, que fazem da Blogosfera um local maravilhoso de partilha, ternura e dedicação.

Um Feliz Natal para ti e todos os teus, extensivo igualmente a todos os que aqui comungam comigo as tuas palavras.

Um grande beijo e muito grata pela tua sempre presença tão linda.

de.puta.madre disse...

Um Natal a saber a estrelas, de iluminado.
Belas as palavras da Gisela RR.

J.R. Lima disse...

Lindo poema, intenso, sonoro, tem algo de muito especial que não vejo como expressar!

Descobri este blog por um link em outro, agora voltarei mais vezes!

Um abraço!

Sophiamar disse...

Desejo-te um Natal cheio de saúde, amizade, pão na mesa, harmonia, amor...
Que o Ano Novo te traga tudo quanto desejas.

Mil beijinhos

Bem-hajas por tudo quanto me deste. E foi tanto!

maría nefeli disse...

Os encontros nas palavras não se podem esquecer...
um beijo

Thomaz Ribeiro disse...

Olá, meu nome é Thomaz e gostei muito de seu blog. Suas poesias tocam e dão um quê de alento. Parabéns.
Gostaria de saber se você está interessado em parceria. Aguardo sua resposta. Desde já, abraços.

Baudolino disse...

Feliz Natal!

O'Sanji disse...

Um feliz Natal e que o novo ano seja portador de todas as coisas boas para si!
Beijo

Huma Senhora disse...

Obrigada por nos presentear com tão belos poemas...Feliz Natal!

JPD disse...

Feliz Natal
Bjs

maria m. disse...

belísssimo poema!

Boas Festas, Graça, com um enorme beijinho!

Eduardo Aleixo disse...

Natal feliz para ti e família, é um Ano Bom de 2009, é o que te desejo do coração. Beijo.
Eduardo

heatchcliff disse...

Bom Natal

Nilson Barcelli disse...

Fizeste uma excelente escolha. É um belo poema, não conhecia.
Feliz Natal para ti e para a tua família.
Beijinhos.

Silent Raven disse...

Um belo poema para partilhar por aqui... Tal como os seus, também muito belos e mágicos.

Feliz Natal!

Roberta disse...

Nascer é sempre uma dádiva, principalmente quando se renasce, poeticamente! O poema é belíssimo, sensivel escolha.

Pena disse...

Um poema muito doce e terno feito de esperança e beleza imensas.
"...nascerei sempre que as palavras amanhecerem
como fogueiras vermelhas de presença
e a tua voz incendiar o silêncio

ainda que minhas mãos
nem sempre encontrem uma janela
mas muros que crescem mesmo quando derrubados

mas nascerei, nascerei sempre que
na palavra encontrar o teu rosto..."

Preenche por inteiro. Lindo!
Beijinhos amigos de um respeito e estima imensos.
Com cordialidade e sensibilizado pela beleza e pureza que jorra como por magia de si.

pena

Um Excelente 2009, são os meus sinceros votos às duas!
Que a Paz, o carinho, a saúde e a ternura vos abrace durante todo o ano.

gisela ramos rosa disse...

Querida Graça: De novo para lhe agradecer o meu olhar entre seus olhares e a possibilidade de visitar a sensibilidade dos que a visitam e admiram! Com um abraço e votos de Ano Novo pleno de coisas boas para si e para todos os que por aqui passaram!

Tatiana disse...

Hoje estou passando pra uma visita rápida
No blog das pessoas que sou seguidora...
Não poderia deixar de vir aqui e lhe dizer:
Que você consiga docemente
Viver, sentir e amar...
Que seja sempre todo coração,
inundado de um amor transparente,
apesar de todo o risco que isso possa significar!
Receba meu abraço carinhoso!
Beijos

adelaide amorim disse...

Gisela está em meus favoritos, obrigada por apresentá-la.
Um ano novo em que as alegrias tornem teu tempo grato e feliz e a paz seja tua paisagem.
Beijos, querida Graça.

Elizabeth F. de Oliveira disse...

Lindo, esse poema da Gisela!!!
Belíssima escolha, minha amiga.
Um Feliz Ano Novo pra você. Fico muito feliz que 2008 nos tenha unido e espero que permaneçamos assim em 2009.
Muita inspiração!
beijo no coração

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Passei por aqui só para te desejar uma semana de grandes realizações.
Está tudo muito lindo aqui
Abraços

Parapeito disse...

Que prendinha boa nos deixaste :)

Que o teu Natal tenha sido cheio de afectos e mtos miminhos...e que perdurem perdurem :)

*****