2.4.10

Na data prevista


Maria Clarinda


Na data prevista, desfez-se a noite
em sombras autobiográficas.
Demandei, por isso, o mais distante navio
para alcançar a geografia das sílabas
e conquistar um silêncio
tão propício à evasão
como um planar de pássaros sobre o mar.


Graça Pires
De Conjugar afectos, 1997

45 comentários:

Paula Raposo disse...

Na data prevista as coisas acontecem...
Boa Páscoa, beijinhos.

Pena disse...

Oh, Linda e Estimada Poetiza de sonho:
Um poema admirável. Significativo.
Tem uma sensibilidade deliciosa e de deslumbre.
Adorei o poema. Fabuloso saído de si com magia e com um gigantesco requinte poético que possui.
Parabéns sinceros.
Abraço amigo de respeito.
Sempre a admirar o que escreve e é. Lindas.
Na maior da estima.

pena

Uma Santa Páscoa na companhia da sua família.
Bem-Haja, maravilhosa amiga pelo que deixou expresso no meu blogue. Adorei. MUITO OBRIGADO!

© Piedade Araújo Sol disse...

Curto, perfeito.

Gostei!

Uma boa Páscoa!

Beij

JMV disse...

Há sempre uma claridade branca,não é engano,é mesmo isso que quero dizer,há sempre uma claridade branca nas suas palavras.Uma luz limpa.
um beijinho e uma boa Páscoa.

Manu disse...

Poetisa Graça Pires!
Obrigado por acompanhar o "TOCA A ESCREVER" e pelo comentário deixado.
Beijos e Boa Páscoa.

Mofina disse...

Obrigada pelos seus poemas!


SANTA PÁSCOA

viernes disse...

Belo poema, Graça!

Sim, podemos fazer a troca. Se me enviares a tua direcção ao mail do meu blogue (asextafeira@gmail.com), envio-te um livro... Acaba de nascer e estou muito contente, obrigado pela tua leitura.
Beijos

hfm disse...

Muito belo e com uma cadência perfeita!

partilha de silêncios disse...

...como o planar dos pássaros sobre o mar... as coisas acontecem..
Aproveito para desejar uma Páscoa muito Feliz.

bjs

mariavento disse...

Belo.

alice disse...

o silêncio é um lugar a conquistar na poesia e na vida. é sempre bom ler a graça. obrigada. um beijo*

manuela baptista disse...

e que voem

sobre ele navio
os pássaros que planam sobre o mar

na data prevista afinal
já tínhamos o coração preparado

ou não?

.

e nas datas, as outras, imprevistas

possamos nós ler os seus belos poemas
pela Páscoa!

um beijo

Manuela

gostei da foto de Maria Clarinda!

avlisjota disse...

Olá Graça

É num silêncio propício á invasão, que eu lhe invado o blogue, para lhe desejar uma boa Páscoa.

Bjos, fique bem

José

Marta disse...

Há sempre magia quando as coisas acontecem....
Como é voar.....o nosso, o das aves....
Lindo...
Boa Páscoa....obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

São disse...

Como sempre, conseguiste orientar-te bem nas maritimas palavras.

Uma Páscoa doce e em boa companhia.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Esse final de semana vai ser mais prolongado e, dessa forma, além de passar por aqui desejando uma maravilhosa páscoa, quero deixar um cartão da voxcard como carinho:

http://voxcards.ig.com.br/cards/cartao.aspx?c=98590

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Eduardo Aleixo disse...

Por isso se vêem tantos pássaros em viagens misteriosas com silêncios nos bicos por esse mundo de mar fora com tantos corpos sentados nos areais com as cabeças encostadas nas mãos e os olhos perdidos nos horizontes sem fim....
----
Beijo, Graça.

Véu de Maya disse...

conjugação poética perfeita.
Que a sua Páscoa lhe traga muita felicidade e alegria.

beijinho,

Véu de Maya

A.S. disse...

Graça,


Na demanda em busca do silêncio,
só as asas do vento te conhecem.
Nas alamedas azuis do oceano
as tuas silabas reinventam a noite.

BeijO
AL

teresa p. disse...

Muito belo e profundo!
Linda, também, a fotografia.

Beijo.

dade amorim disse...

Há datas que só cada um de nós conhece e reconhece, nesse silêncio de pássaro planando.

Beijos, Graça, e um ótimo domingo.

Ana Oliveira disse...

Gosto tanto e sempre de tudo o que escreve!

Obrigada

Boa Páscoa

Um beijo

Ana

Can-see disse...

Belo:)

Adriana Karnal disse...

Esss silêcios ão fundmentais para viverem paz.Lindo.Feliz Páscoa pra vc, querida!

Menina Marota disse...

Vim desejar-lhe uma serena Páscoa entre os afectos que a acompanham.
Um grande abraço de Saudade.
Bj

Vieira Calado disse...

Amiga!

Hoje venho simplesmente desejar-lhe

um Óptimo Domingo de Páscoa!

Bjs

segredo disse...

E k o planar dos passaros traga a calma e tb uma Feliz Pascoa!
Beijinho de lua*.*

Licínia Quitério disse...

O tempo, o lugar do silêncio. Difícil, urgente conquista.

Beijo, Graça, e que a Páscoa esteja ainda a ser feliz.

maré disse...

do amantíssimo diálogo com as sombras
na demanda da luz...
e dela, surge a largueza de um azul
que propicia o encanto da aves.
na hora prevista, o deslumbre das asas.

____

um grande beijo,querida Graça.

Mar Arável disse...

Gostei ainda mais

do imprevisível

das palavras

conforme li

talvez por não acreditar

em determinismos

Sempre excelente minha amiga

Bj

Taninha Nascimento disse...

Coisas da vida...

"[...]conquistar um silêncio
tão propício à evasão [...]

Nada simples.

Bravo!!

Bj grande,
Taninha

Benó disse...

Que a renovação encha os nossos corações e o planar dos pássaros nos faça sonhar.
Um grande abraço, amiga Graça.

Silvana Nunes .'. disse...

Não temos como fugir das datas previstas.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja uma boa semana para você.
Saudações Educacionais !
em http://www.silnunesprof.blogspot.com

Gisela Rosa disse...

sobre o mar, sempre sobre o mar


um beijo Graça e saudades

Elizabeth F. de Oliveira disse...

O silêncio é o cais dos poetas, é a enseada perfeita para se derramar sílabas e tranformá-las em pura poesia.
Para o poeta, o silêncio já é a própria poesia.


Lindas metáforas, eu fico sempre impressionada e não canso de reler os teus poemas. Como já disse em certa ocasião, eles possuem um mecanismo automático de constantes redescobertas.

beijo no coração

Nilson Barcelli disse...

Uma das facetas que gosto na tua poesia, que penso ser muito frequente, é o tom definitivo que colocas nas palavras.
Fazes-me lembrar os toureiros que, depois de 2 ou 3 lances, rematam a lide metendo a capa debaixo do braço e virando as costas ao touro.
Perdoa a comparação, já que não andas propriamente a tourear as palavras...~
Querida amiga, um beijo.

Germano Xavier disse...

Meu chegar aqui.

Sigamos...

Luis Eme disse...

que bela a tua conjugação de afectos.

e como é belo p planat dos pássaros sobre o mar...

abraço Graça

Fernando Campanella disse...

'um silêncio tão propício à evasão, como um planar de pássaros sobre o mar.'

Novamente, a sutileza de símiles e metáforas, a leveza, o inesperado tão íntimo, tão próprio...
este poema é um som assim que a brisa leva....
Bjo grande.

Lyra disse...

Olhem este sitio absolutamente delicioso para se desenhar, "desabafar" e descontrair :o)

Percebi que não é preciso sabermos desenhar bem para "escrevermos" o que nos vai na alma através do desenho...E às vezes é bem mais fácil desenharmos o que nos vai na alma em..."silêncio"

E podem sempre adicionar o desenho ao vosso blog ou enviá-lo por e-mail a alguém.

www.sketchtag.com - visitem - vale mesmo a pena! Divirtam-se!

maria manuel disse...

belo! da necessidade do silêncio na conquista da evasão e das sílabas...

beijinho.

Hercília Fernandes disse...

..."geografia das sílabas", gostei imenso desta imagem.

Um beijo, querida Graça!
H.F.

Parapeito disse...

...Tudo tem o seu tempo para acontecer...
Só temos de acreditar
Brisas mansas para ti ***

Maria Clarinda disse...

Graça, obrigada . O teu poema está lindo...as coisas acontecem...e hoje voltei para como te disse passar este pedaço da manhã contigo e com a brisa do mar , mando-te o meu carinho que sabes ser da amizade imensa que por ti sinto.Jhs

Vieira Calado disse...

AS suas escolhas

são sempre muito boas.

Beijinho