15.4.14

Sombra

Nelson Gandra



Vem, senhora das trevas 
trazer-nos os contornos da luz 
nos sulcos da noite 
para que a extrema alvura dos gladíolos
ponha em nossas mãos aquele brilho, 
quase divino, que só as sombras guardam 
na vertical alteração de cada hora.

Graça Pires
De Caderno de significados, 2013

42 comentários:

Marta Vinhais disse...

Em que reina a paz expressa em todas as palavras....
Lindo...
Obrigada pela visita...Boa Páscoa.
Beijos e abraços
Marta

Rita Freitas disse...

Muito bonitas estas palavras que trazem os contornos da luz.

Bjs e uma boa Páscoa

Braulio Pereira disse...

pétalas orvalhadas. o sol a romper.suave melodia de um amanhecer.

FELIZ PÁSCOA.

beijo.

São disse...

Um poema breve, mas com expressões lindas e acompamhado por uma belissima foto.

Grande abraço e uma feliz Páscoa em companhia que te agrade, rrss

António Eduardo Lico disse...

Bela poesia.
Uma boa Terça.
Abraço.

anamar disse...

Obrigada pela visita, <Graça...e,

ser poetaé uma graça da vida aonde a

luz penetrou, quase sempre para ficar.

Boa Páscoa , também.

Abracinho :)

Luis Eme disse...

as sombras iluminadas pela beleza dos gladíolos.

abraço Graça

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Sublime!
Bjs e boa Páscoa!!!

Lídia Borges disse...


A brancura das horas na seda luminosa dos gladíolos.

Beijo meu

Mar Arável disse...

Em Abril
os cravos voam
nas asas das papoilas

Bjs

Edson Marques disse...

Vim trazer-te o meu aplauso!

E flores...

Sinval Santos da Silveira disse...

Oi, querida amiga, Graça Pires !
Permita-me beber da doçura deste
poema. Parabéns. Um carinhoso
abraço, e votos de uma feliz Páscoa, remetidos aqui do Brasil.
Sinval.

Ives disse...

Graças as trevas a luz pode tocar nas margens da pele! Abração

manuela baptista disse...

quase divino


uma Páscoa de luz para si, Graça

irneh disse...

Como sempre, um prazer ler o que escreve.
Obrigada pela visita e boa Páscoa.
Beijinhos

DE-PROPOSITO disse...

as sombras
-----------
As sombras!... Algo semelhante à felicidade. Quando a queremos agarrar ela foge-nos.
---------
BOA PÁSCOA
Felicidades
Manuel

AnaMar (pseudónimo) disse...

...luz que as palavras acendem.
beijo

teresa p. disse...

"Sombra" que se transforma em luz e deixa ver a "extrema alvura dos gladíolos". Lindo o poema e a foto!

Beijo

tb disse...

Como oração...
Beijinho

María S. disse...

Bellas palavras, bela poesia da luz e sombras e gladiolos.
Beijos!

Eduardo Aleixo disse...

Luminosa e perfumada maneira de mostrar como as sombras guardam religiosamente as riquezas da luz.
Belíssimos os teus " significados ".
Beijinho.

heretico disse...

tão solar a luz que o olhar não aguenta!

colapsam as trevas de tão denso - o poema!

beijo

a noite (ser) disse...

A alvura dos gladíolos
... breve reflexo dos ponteiros das horas,breve reflexo de um tempo:alvo e puro; de um tempo: de gladíolos.

Beijo Graça, gosto tanto de aqui passar!

Olívia

Maria Madalena Schuck disse...

Adoro seus poemas, sempre me dizem algo de mim mesma. Belíssimas metáforas.
Passando para te deixar um grande abraço, e te desejar uma Páscoa de harmonia e alegrias.

CamilaSB disse...

Divinas Graça, a imagem e a poesia... Adorei :)
Um abraço com o meu carinho e amizade :)
Uma Santa Páscoa, para si e para os seus!

manuela barroso disse...

Ofusca tão imenso brilho em tão grande densidade poética .
Boa Páscoa , Graça
Bjis

© Piedade Araújo Sol disse...

os gladíolos a amenizar as sombras...

muito belo!

beijo

:)

Zilani Célia disse...

OI GRAÇA!
COMPACTUANDO COM A NOITE E COM AS PALAVRAS, NOS BRINDAS COM ESTE BELO TEXTO.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Graça, poema sublime!
Vou levar para o Cores & Palavras.

Kandandu
Namibiano

Mariazita disse...

Essa maravilhosa imagem trouxe à minha lembrança acontecimentos felizes, passados... O meu ramo de noiva era de gladíolos brancos...

O poema... divinal, tal como o brilho dos gladíolos.

Uma doce e feliz PÁSCOA.
Beijinhos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
Lindo poema, cada palavra colocada no mesmo, ilumina-nos.
Dia feliz
ag
http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Maria Isabel Q. disse...

Linda poesia!

Grata pelas visitas. Desejo-lhe também uma Santa Pascoa.

Beijinhos
Flor

Jaime A. disse...

O brilho, senhora das trevas, caminho detemos já esquecidos.

"Senti" este poema. Lindo, lindo!!

ManuelFL disse...

Eu li o poema como apelo a que as trevas revelem a luz que têm aprisionada.
A mesma luz de cujos contornos a 'senhora das trevas' tem o segredo. Um belo poema que expressa paradoxos e enigmas sempre presentes na vida e no amor.
A foto dos gladiolos é magnífica.

Lembrei-me de um poema (A Cidade) de José Carlos Ary dos Santos cantado pelo Zeca Afonso que termina assim:«À procura da sombra de uma luz que não há.»

ManuelFL

Maria Emilia Moreira disse...

A pureza do sentir poético revela-se em cada verso! Uma doce Páscoa. Bjs.

Ana Tapadas disse...

É um poema-prece muito belo!

Beijo grande

Agostinho disse...

Que prece linda na luz cortando o negro de ser.
O meu obrigado e votos de Boa Páscoa, cara Graça Pires.

Evanir disse...

Páscoa, momento de união, de parar para refletir,
de ver a vida diferente, de ver gente como a gente.
A Páscoa vem trazendo uma mensagem de paz, esperança e amor.
Feliz Páscoa.
Um carinhoso beijo lotadinho de saudades,
Evanir.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Hoje passando para desejar uma Feliz Páscoa , plena de amor e paz, junto de todos que te são queridos.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

henriquedoria disse...

Lindo poema.Beijos. lê os 2 últimos textos do odisseus

Cristina Cebola disse...

Há palavras assim! que possuem luz própria...

Beijinho Graça

Parapeito disse...

E fez-se luz.
Brisas doces *