31.12.06

No rasto de memórias

Cartier-Bresson


É quase um voo,
a harmonia da música
que trauteamos em surdina,
por aí, sem nenhum destino,
de corpo iluminado,
no rasto de memórias
que só o coração guarda.
Impacientes. Tão impacientes.


Graça Pires
De Conjugar afectos, 1997

Bom Ano de 2007 !

4 comentários:

hmbf disse...

Obrigado.
Igualmente.

Graça Pires disse...

Obrigada Henrique
pelo comentário. Que 2007 seja para si o melhor ano. Espero continuar a poder ter o gosto de visitar o seu blog.

Anónimo disse...

O canto do vento
Na praia despida
Na areia me sento
Uma folha caída

Um gasto na areia
De tempos passados
Era de uma sereia
De olhos rasgados

Do lado da margem
Alguém me tocou
Pode ser miragem
Mas eu la vou..
(LP)2007JAN

Parapeito disse...

...e que bom que é quando o coração guarda essas memórias...
e ja estamos quase acabar 2009...
Um abraço*