16.11.06

No lugar da minha sombra

Jon Edwards


Gastei as mãos amarrando barcos à infância.
Agora, no lugar da minha sombra,
cresce uma praia onde as gaivotas
aguardam que o sol
lhes devolva o brilho das pupilas,
ou as cegue para sempre.


Graça Pires
De Conjugar afectos, 1997

3 comentários:

Alexandre Bonafim disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Alexandre Bonafim disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Alexandre Bonafim disse...

Graça, sempre e sempre viverei apaixonado pelas suas metáforas encantantes.
Quando eu saio pelas ruas, seus poemas me acompanham, guiam meus passos, iluminam minha melancolia. Amada poeta, obrigado, sempre e sempre, obrigado.