4.7.22

Esboço a demora do amor

Magdalena Russocka

Em contrição febril, penitente, 
esboço a demora do amor e concebo 
um gozo preso nas frestas das portas, 
tão próximo dos meus contornos de fêmea. 
Agora não quero profanar a tábua de salvação 
que me transformou a vida com argumentos 
enlaçados no sangue do meu sangue. 
Foi quase possível acreditar no amor 
sem contradição alguma. 
Um desígnio iluminado renegou em mim 
o achamento da treva, o desalinho do pensamento. 

Graça Pires 
De Antígona passou por aqui, 2021, p. 24

50 comentários:

Jaime Portela disse...

Não há amor sem contradições...
Excelente poema, como sempre.
Boa semana, amiga Graça.
Um beijo.

Roselia Bezerra disse...

Foi quase possível acreditar no amor
sem contradição alguma.

Bom dia de nova semana, querida amiga Graça!
O 'qiase' possível acontece...
É um passo pertinho demais do Amor acontecer.
O corpo reclama em tida sua energia.
O Amor, realmente, transforma a vida se ultrapassar o 'quase'.
Poema belíssimo na sua expressão tão intensa. Parabéns!
Tenha uma nova semana abençoada!
Beijinhos com carinho fraterno

Marta Vinhais disse...

Há sempre contradições... o Amor é a força que se desenha em nós todos os dias...
Poderoso, intenso...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

chica disse...

Maravilhosa poesia,Graça...O amor ilumina a vida! beijos,ótima semana! chica

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Gostei deste belo poema.
Um abraço e tenha um boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Kathy Leonia disse...

i like this poem very much you are so talented! Follow;) hope U follow back

Agostinho disse...

A luz desenha "frestas" e "contornos" no "esboço" do amor. De um modo impermanente. Esta condição é a chave da perenidade do poema. Felizmente a Poeta dá-nos estas pérolas do sentimento .
Um beijo, Amiga Graça Pires.

Cidália Ferreira disse...

Poema instigante... Adorei :)
-
Obstáculos do caminho...

Beijos e uma excelente semana.

São disse...

Que o amor te acompanhe sempre, minha Amiga!

Saúde e tudo de bom nesta semana e sempre , te desejo.

Grande abraço

Luiz Gomes disse...

Que o amor prevaleça em todos os momentos, sendo bons ou não. Obrigado pela visita minha querida amiga Graça.

Laura. M disse...

Feliz ese amor sin contradiciones.Lindos versos.
Buena semana Graça.
Un abrazo.

Lucinalva disse...

Olá Graça
Lindo poema, o amor é maravilhoso, bjs querida.

Ailime disse...

Boa tarde Graça,
«Agora não quero profanar a tábua de salvação que me transformou a vida com argumentos enlaçados no sangue do meu sangue».
O amor é tão belo e pleno quando se entranha nas nossas veias! Nada o poderá profanar.
Um poema genial como genial é toda a sua Obra "Antígona passou por aqui"!
Um grade beijinho e uma excelente semana, minha amiga e Enorme Poeta.
Ailime

teresadias disse...

Querida amiga Graça, este poema não é um «esboço» é uma obra de arte.
Belíssimo!
Beijo, uma semana cheia de amor.

Andrea Giovanna disse...

Boa tarde Graça, que lindo poema. O amor sempre nos inspira. Viva 👏👏👏🌻😘

brancas nuvens negras disse...

"Foi quase possível acreditar" todos conhecemos a ilusão em algum momento.
Belo poema.
Um abraço.

ManuelFL disse...

Este belíssimo poema fala-nos do amor como um processo, um contínuo, um esboço, uma demora, fonte de luz que remove as trevas.
Bjs

solfirmino disse...

"O amor quando quer, não tem amarras. Entra na fresta. No silêncio. Abre vãos.
Descobre atalhos. Cai, como chuva dourada: Zeus fertilizando Dânae."
Adoro sua Antígona, minha amiga, você sabe.
Ótima semana,
beijinhos

carlos perrotti disse...

Es que tal vez no exista la contradicción en el amor sino la impermanencia del sentimiento del cual proviene la convicción... Gran poema, amiga Graça. Vocé sempre me faz admirar.

Abarzo grande, y cuídese ainda por favor con salud y paz.

Mário Margaride disse...

Boa noite, amiga Graça,
O amor não pode ter algemas nem amarras, mas sim, livre como o vento para poder voar bem dentro do nosso coração...

Lindo poema, que muito gostei!

Votos de uma excelente semana, com muita saúde.
Beijinhos!

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

saudade disse...

O amor tem sempre contradições, mas que essas contradições fortaleça esse mesmo amor. Boa semana

J.P. Alexander disse...

Bello y reflexivo poema. Te mando un beso.

R's Rue disse...

So lovely and true.
www.rsrue.blogspot.com

© Piedade Araújo Sol (Pity) disse...

Boa Tarde Graça
No amor há sempre contradições, e alguma ilusão, mas também há momentos belos, ternos e cheios de partilha.
Um bonito poema com uma foto a condizer.
Gostei!
Desejo uma semana abençoada com muita saúde e paz.
Um beijo
:)

Mister Vertigo disse...

Gostei do que li.
Muito boa tarde!

Juvenal Nunes disse...

Sim, o amor só faz sentido quando remove ou ajuda a remover as trevas.
Abraço amigo.
Juvenal Nunes

Ani Braga disse...

Olá Graça querida

Lindo...

Beijos
Ani

alberto bertow marabello disse...

L'amore illumina anche con le ombre, ciao amica Poetisa,
Buona settimana.
Un abbraccio

Rogério G.V. Pereira disse...

O poeta é um fingidor
Finge tão eloquentemente
Que dá ao amor a contradição
Do amor que deveras sente

Não esperes pela demora...

Tais Luso de Carvalho disse...

Nossa... querida amiga Graça!!!
Esse é um dos poema mais lindos que li aqui, forte, intenso,
mas delicado.
Aplausos daqui, minha amiga! E muitos!!
Beijinho, uma boa semana.

Manuel Veiga disse...

belom belo, POeta...

tinha sido possivel tanta coisa se o Tempo o permitisse
amei o poema

beijos

Jaime Portela disse...

Nada feito sem acreditar no amor...
Gostei muito deste poema, é magnífico.
Bom fim de semana, amiga Graça.
Um beijo.

teresa p. disse...

"Esboço a demora do amor". Poema sublime, intenso e profundo, que fala do Amor como desígnio iluminado que remove as trevas e o desalinho do pensamento. Gostei muito e também da foto que o ilustra.
Beijo

orvalhos poesia disse...

Belo poema!O amor faz sentido se fôr recíproco, e fôr cuidado pela vida fora. É salutar ler poesia sobre o amor, quando esta é bem trabalhada, com esplendor. Grata pela visita.
Beijinho

lanochedemedianoche disse...

El amor es lo mas bello, sin sentirlo no es vida, muy bello poema.
Abrazo

bea disse...

Que bonito, Graça, ainda que eu não consiga interpretar cabalmente o sentido do poema, as palavras são musicais, rimam, cantam.

Anete disse...

O amor e os seus profundos mistérios. Bonito e denso poema.
Grande carinho

Às margens de mim. disse...

Sua poesia é tão linda, escrita com muita cor. Paixão, amor se conjugam entre si. Só aplausos!!!

Mário Margaride disse...

Boa noite, amiga Graça,
Passando por aqui, relendo este excelente poema que muito gostei, e para desejar um feliz fim de semana, com muita saúde.
Beijinhos!

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

Jeanne Geyer disse...

Um poema forte e intenso, teu estilo é único e o amor sempre dá tons poéticos e coloridos, gostei muito. Beijos ;) https://costuraerasga.blogspot.com/

Olinda Melo disse...


Querida Graça

"Antigona passou por aqui", contém verdadeiras
pérolas, como este excerto que nos trouxe. Este
"esboço a demora demora" atinge-nos pela força
que exprime na espera deste sentimento tão belo
que, nem sempre, chega. Refiro-me ao amor romântico!
Bom fim de semana, minha amiga.
Beijinhos
Olinda

Ana Tapadas disse...

De um lirismo retumbante! Beijo amigo

Gracita disse...

A paixão e o amor conjugados numa majestosa melodia poética
Um prazer imenso ler-te querida amiga
Beijinhos

Arthur Claro disse...

Muito interessante este post.

Arthur Claro
http://www.arthur-claro.blogspot.com

Fá menor disse...

"Foi quase possível acreditar no amor
sem contradição alguma."
...
Mas só o amor nos devolve às origens, à Luz nascente e faz dia em nós.

Intenso poema, como habitualmente!

Beijinhos e boa semana!

Jornalista Douglas Melo disse...

Minha querida amiga Graça,
As grandes paixões acontecem quando estamos arrebatados, exaltados, febricitantes.
Que belos versos estes, escritos de modo vigoroso e sutil.
Beijos e boa semana!!!

A.S. disse...

Muito belo o teu poema Graça!
Murmurantes contornos de um fim de tarde
onde os dias passam a correr, vagos, cada vez mais vazios e incertos.

Una noite feliz minha Amiga
e uma linda semana com muita saúde.
Um beijo.

Carlos Augusto Pereyra Martínez disse...

No cree negar el amor- Que este no es para nosotros, y lo llevamos dentro, que cuando no emerge, no nos sorprende. a pesar de ser contradictorio. Un abrazo. Carlos

manuela barroso disse...

Vejo aqui uma Isadora com uma sensualidade que me obrigaste a reler e quanto mais repetia, mais se acentuava a beleza com que sai da tua pena a verdadeira Arte Poétia, Graça!
Quando o quadro é majestoso, não há palavras mas silêncio. Parabéns!
Um grande beijo.

Parapeito disse...

Mais um belo e intenso poema.
"Antigona passou por aqui" é um verdadeiro tesouro.
Gosto e gosto e gosto :)
Abraço e brisas doces ***