5.12.22

Assombro-me da paisagem

Hengki Koentjoro


Na lonjura de vozes antigas seguro a luz. 
Assombro-me da paisagem. 
Deixo que as palavras cedam inteiramente 
ao indizível subterrâneo da paixão. 
Com um alarido preso à boca, leio os poetas 
das palavras claras e quebro 
no interior das pálpebras 
os versos mais cúmplices. 
Semelhante a um primitivo nómada, 
guardo comigo o fogo da poesia, 
para que nunca se extinga 
e me seja confissão e esconderijo. 

Graça Pires 
De Antígona passou por aqui, 2021, p. 52

54 comentários:

chica disse...

Muito lindo,Graça e o fogo da poesia está em ti, não se apaga nunca! beijos, linda semana! chica

Marta Vinhais disse...

Que as palavras falem sempre... claramente, com paixão...
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

- R y k @ r d o - disse...

Imagem e poema deslumbrantes que me fascinou ver e ler.
.
Uma semana feliz … Cumprimentos poéticos
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Jaime Portela disse...

O fogo da poesia é inextinguível. Existirá sempre.
Excelente, gostei imenso.
Boa semana, amiga Graça.
Beijo.

Maria João Brito de Sousa disse...

Que o fogo em que guarda as palavras da poesia continue a iluminá-la sempre e em crescendo, Graça!

Um beijo

Mário Margaride disse...

Bom dia, amiga Graça,
Poema sentido, onde as emoções flutuam livres, em cada verso.
Gostei muito.
Votos de uma excelente semana, com muita saúde.
Beijinhos, com carinho e amizade.

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

brancas nuvens negras disse...

Um poema de cumplicidade com a poesia e os outros poetas.
Um abraço.

A Paixão da Isa disse...

a foto ela é linda assim como poema bjs feliz semana saude

Mor Düşler Kitaplığı disse...

What a good poem.. Thanks for sharing. Have a good week :)

Cidália Ferreira disse...

Que poesia linda!! :) Obrigada pela partilha!!
.
Gosto da minha solidão ...
.
Beijo
Votos de uma excelente semana.

carlos perrotti disse...

Poema declaración de principios de Poeta. De lo mejor entre lo mucho y muy bueno que le he leído, amiga Graça. Cada depurado verso suyo me pone de rodillas. Se lo digo de corazón. Ilustrar con Koentjoro cierra el círculo...

Abrazo admirado.

teresadias disse...

Minha querida amiga Graça, este poema/celebração da paixão, palavras, poesia é simplesmente maravilhoso!
E a imagem, como todas as que publicas, é linda, linda.
Beijo, boa semana, muita saúde.

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de paz, querida amiga Graça!
É visível o fogo da poesia que mora em seu 💙.
Cada uma mais linda, profunda e reflexiva do que a outra
Aquela que habita no esconderijo da poesia, jamais perde a inspiração.
Tenha uma ótima semana abençoada!
Beijinhos com carinho fraterno

Luiz Gomes disse...

Boa noite minha querida amiga Graça. Poema e imagens maravilhoso. Obrigado pela visita e carinho.

Ailime disse...

Boa noite Graça,
Um poema de excelência como só a minha Amiga e Enorme Poeta sabe conceber.
Jamais o fogo da poesia se extinguirá no seu maravilhoso ser.
Beijinhos e uma boa semana.
Ailime

manuela barroso disse...

A lonjura estará para além da propagação dos teus versos mas é este longe inatingível que te torna única e cujo fogo nunca te consome porque a fonte está em ti
Um grande abraço, minha amiga!

Elvira Carvalho disse...

Um excelente poema.
Abraço e saúde

Fatyma Silva disse...

Que lindo Graça!
A paixão pela poesia é a cumplicidade dos poetas.

Tenha uma boa semana.
Beijinhos 🌹

J.P. Alexander disse...

Profundo poema la poesía siempre es mágica. Te mando un beso.

Maria Rodrigues disse...

Um poema sublime.
O fogo da poesia nunca se extingue do coração de quem nasceu com alma de poeta.
Beijinhos

Verena disse...

Que poema tão lindo Graça.
Obrigada pelo carinhoso comentário lá na Gracita.
Beijinhos
Verena.

São disse...

Que seja sempre confissão e esconderijo para deleite de quem lê.


Minha Amiga, caloroso abraço e muita saúde.

Agostinho disse...

"Guardo comigo o fogo da poesia"
por que só com esse gesto acho na boca o calor da amizade e do amor que percorre os longos caminhos do tempo.
Muito grato por partilhar esta liturgia eterna da Poesia, querida Graça Pires.
Desejo-lhe toda a felicidade das coisas simples: calor derredor do coração e muita saúde.
E um beijo natalício.

orvalhos poesia disse...

A escrita da amiga é duma Poeta escultora da palavra, gosto de ler e admiro profundamente, a sua Poesia.
Nem sempre comento, mas quando venho vou sempre mais enriquecida.

Um beijinho

© Piedade Araújo Sol (Pity) disse...

Boa tarde GRaça
Foto encantadora e muito em sintonia.
E para um Poeta a Poesia nunca morrerá.
Será a nossa eterna e fiel companhia.
Adorei o poema.
Desejo uma boa semana com muita saúde e harmonia.
Um beijo
:)

lis disse...

Que transborde em ti todas as emoções e os assombros
das paisagens ao seu redor, iluminando-a .
Como sempre, minha grande admiração pela poesia que sendo fogo
digo que é também água límpida que cai levemente no coração.
Abraços ,Graça

Caderrno de San disse...

Quão belo este poema! Esta confissão da paixão pela poesia tão poeticamente emoldurada enquanto a poesia vai penetrando a poesia da autorrevelação da sua poética.
Um boa semana, minha amiga!
Beijo,

Rogério G.V. Pereira disse...

"Semelhante a um primitivo nómada,
guardo comigo o fogo da poesia,
para que nunca se extinga"
Guarda
mas na primeira oportunidade mostra
(para além do belo que nos dás a ler)

solfirmino disse...

Que assim seja, minha amiga. Seremos todos cúmplices da Grande Poesia!
Esse livro é maravilhoso e não me canso dele, o "fogo da sua poesia" está em todos os seus livros, mas este é especial.
Beijinhos

Os olhares da Gracinha! disse...

...guardo comigo o fogo da poesia,
para que nunca se extinga ... 👏👏👏 Bj

teresa p. disse...

"Guardo comigo o fogo da poesia, para que nunca se extinga..."
Lindíssimo este poema, tão intenso, profundo e cúmplice da poesia e dos poetas. Tu terás sempre poesia na alma e no coração, poi há muito que a colaste à tua pele.
A foto que ilustra o poema é maravilhosa.
Beijo.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Graça,
Estive ausente de comentar
por estar há alguns dias fora
de minha casa, cuidando
de questões familiares.
Quando acontece assim
eu me atenho a ler as publicações
e não consigo comentar, pois
exige atenção e tempo.
Mas logo tudo estará voltando
ao normal.
Seu texto é lindo e essa
imagem enche nossos olhos
de uma forma intensa.
Bjins
CatiahoAlc.

Majo Dutra disse...

Esse 'fogo da poesia' manifesta--se em confissões belíssimas!
Agradáveis dias de dezembro. Beijinhos.
~~~~~

Pedro Luso de Carvalho disse...

"Semelhante a um primitivo nómada,
guardo comigo o fogo da poesia,
para que nunca se extinga
e me seja confissão e esconderijo."

Esses versos encerram este belíssimo poema,
certamente criado num momento especial da
poeta, que não lhe faltou inspiração.

Bravo!
Votos de uma ótima continuação de semana, minha
amiga Graça.
Beijo.

Isa Sá disse...

A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.
Isabel Sá
Brilhos da Moda

Fá menor disse...

Lindíssimo!
Que o fogo da poesia nunca se extinga das palavras e da vida!

Beijinhos.

Olinda Melo disse...


"Com um alarido preso à boca, leio os poetas das palavras claras e quebro no interior das pálpebras os versos mais cúmplices."
Quedo-me aqui neste versos e procuro-lhes a essência. O "alarido" toma forma e deixa-me perplexa perante a sua força no dizer, no propalar, no publicitar dessa clareza que as palavras poéticas contêm e na cúmplice percepção que vão deixando por onde passam.

Sempre extraordinária na sua expressividade, querida Graça. Adorei.
Beijinhos
Olinda

Jaime Portela disse...

Gostei de reler este excelente poema.
Bom fim de semana, amiga Graça.
Beijo.

bea disse...

Tão bonito, "semelhante a um primitivo nómada/ guardo comigo o fogo da poesia".

lanochedemedianoche disse...

Es un canto de vida al amor ese fuego intenso, precioso, buen fin de semana.
Abrazo

Betonicou disse...

Aqui está um texto que explora o mistério. . Neste, o eu lírico anda numa corda, entre leveza e profundidade. Um belíssimo texto para ler e reler. Grato pelo momento, poeta. Grande beijo.

Costantino disse...

Una bellissima poesia !

Juvenal Nunes disse...

A disponibilidade do ser humano é tanto maior, quanto maior for a sua capacidade de se espantar.
Abraço amigo.
Juvenal Nunes

Mário Margaride disse...

Olá, amiga Graça,
Passando por aqui, relendo este excelente poema que muito gostei, e desejar um feliz fim de semana, com muita saúde.
Beijinhos, com carinho e amizade.

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

A.S. disse...

Nunca em ti se extinguirá em ti a poesia!
Poesia é algo que nos toca e faz levitar, como se alguém em entrasse dentro de nós
apenas para descansar a alma e lá ficasse para sempre!
Tu...és a Poesia!...

Um bom fim de semana, com muita saúde, minha Amiga Graça.
Um beijo.

Betonicou disse...

Bom dia, Graça! Gosto imenso da maneira como lapidas o poema em forma de joia única. Teus escritos, tão bem versados, nos eleva, sem peso na alma. Com certeza a poesia nos leva a construir emoções memoráveis . Grande beijo.

Larissa Pereira dos Santos disse...

Que linda poesia querida
Cheia de sentimento e luz
Que você continue a nos encantar com esses lindos versos
Pois diz muito de quem você é.
Abraços e bom domingo!

partilha de silêncios disse...

Adorei o poema.
Um bom fim de semana
bjs

Emília Pinto disse...

Há paisagens que nos assombram de tão belas e dessas devemos reter toda a luz possivel para que possamos dar mais valor à vida e ao tanto que ela nos dá. Mas há outro tipo de assombros, quando vemos atitudes do ser humano tão insensatas, tão destruidoras, tão irracionais: ficamos incrédulos, espantados, tantas vezes envergonhados por estarmos incluidos nessa raça humana que parece ter prazer em tirar a luz à bela paisagem que é a vida. Mas, para nos compensar destas tristes atitudes, temos os poetas que, de uma forma encantadora vão dando cor ao nosso dia a dia. Assombram-nos sempre da maneira como cantam o amor, os encantos da vida, os desencontros, os problemas sociais e politicos deste nosso mundo tão conturbado. E assim a poesia vai alimentando a nossa alma com mais luz, mais alegria, mais beleza nos dias em que a escuridão teima em permanecer. Obrigada Graça, pelo belo momento e desejo-te saúde, a ti e aos teus. Beijinhos, Amiga
Emilia

As Mulheres 4estacoes disse...

Olá, Graça!

Sua escrita sempre tão cheia de significados. Espero que o fogo das tuas palavras continue aceso por muito tempo.

Um abraço
Sônia

Ana Freire disse...

Simplesmente maravilhoso, este refúgio que é o universo poético... e que delineado com as suas inspiradas palavras, Graça, sempre se nos afigura tão mais especial!
Um beijinho grande! Votos de Festas Felizes, com saúde e paz, para si e todos os seus!
Tudo de bom!
Ana

Carlos Augusto Pereyra Martínez disse...

La mirada sobre la vida y sus esencias naturales es siempre el asombro, asombro que tiene polvo poético. UN abrazo. Carlos

baili disse...

Beautiful lady and mesmerising poet Grace I agree that sometimes exceptionally stunning landscape make us speechless and I feel meanwhile our soul try to compose and embellish our entranced thoughts which seek for poetic patterns but not everyone is skilled as you to bring it forth in such exquisite way :)

Parapeito disse...

Um belo momento, de palavras e imagem.
Que nos assombrem sempre as suas tão belas palavras cheias de tanto .
Abraço***