10.6.24

Noite

Silena Lambertini 



Em plena noite delineava-se no chão
a luz derramada pela lua.


Era fácil ver as minhas mãos 
propícias a qualquer sobressalto 
no chamamento dos afagos. 
Eu ouvia os meus pensamentos 
como uma suplicação. 

E a perturbação das estrelas em meu olhar 
provocava uma espécie de cegueira 
no canto dos olhos. 

Como se a noite me entrasse pela casa. 

Graça Pies 
De O improviso de viver, 2023, p. 27

31 comentários:

Marta Vinhais disse...

E, de repente a luz desaparecesse....
Lindo...
Beijos e abraços
Marta

brancas nuvens negras disse...

As nossas mãos "chamam os afagos"... compreendo muito bem.
Um abraço.

Jaime Portela disse...

Gostei da perturbação das estrelas.
E de todo o poema, que é magnífico.
Tem uma boa semana, minha amiga Graça.
Um abraço camoniano...

chica disse...

Linda demais,Graça! E quando a lua unvade a casa é muito lindo de ver!

Ótiuma semana! beijos, chica

Roselia Bezerra disse...

Bom dia de feriado, querida amiga Graça!
Em noites enluaradas, nosso corpo suolics pelas lindas emoções.
Um poema cheio de luminosidade.
Tenha uma nova semana abençoada!
Beijinhos

Mário Margaride disse...

Olá, amiga Graça
A noite é por vezes perturbadora. Mas a lua nos ilumina a alma e nos dá alento ao coração.
Gostei muito deste poema.
Deixo os meus votos de uma boa semana, com muita saúde e paz.
Beijinhos, com carinho e amizade.

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com
https://soltaastuaspalavras.blogspot.com

Rogério G.V. Pereira disse...

Se eu fosse o luar
me instalaria
te faria companhia
até ao teu expulsar

(por vezes sinto falta da noite)

Beijo

Maria João Brito de Sousa disse...

É com um belíssimo poema à Noite que hoje presenteia os seus leitores online, entre os quais orgulhosamente me conto.

Um beijo, Graça!

ManuelFL disse...

A “luz derramada pela lua” perturba e desafia, afaga e sobressalta.
É como se fosse parte de nós, revelasse os nossos sentimentos mais íntimos.

Adorei o poema e a belíssima imagem que o acompanha.

Beijinhos

Solange Firmino disse...

As noites com lua são as mais lindas.
"Como se a noite me entrasse pela casa."

Anónimo disse...

As noites com lua são as melhores. "Como se a noite me entrasse pela casa."
Um beijo, amiga
(Solange)

Os olhares da Gracinha! disse...

A noite entra pela casa e desperta a poesia... 👏😘

Ailime disse...

Boa tarde Graça,
A noite por vezes é perturbadora, mas a Lua faz-nos companhia e todos os temores se amenizam.
Um poema muito belo, que muito apreciei.
Continuação de um bom feriado, minha Amiga e Enorme Poeta.
Beijinhos,
Emília

carlos perrotti disse...

Versos plenos de luminoso misterio. "Como uma suplicação", claro, si suena como nocturna oración...
Abarzo admirado, Poeta, una vez más.

bea disse...

Que poema tão de nos entrar alma fora, Graça. Quem não experimentou momentos solitários de luar e, não sendo poeta, sentiu no corpo a luz branca da poesia, como se o eu se dissolvesse na contemplação de um deus descido à terra.
Um abraço

J.P. Alexander disse...

Bello poema. Te mando un beso.

Jornalista Douglas Melo disse...

Amiga Graça,
Sendo notívago, com fé no “guerreiro da Lua”, apaixonado pelas estrelas, sendo uma delas o símbolo do meu clube do coração: BOTAFOGO, só posso aplaudir este teu tocante poema.
Beijos e boa semana!!!

Lucinalva disse...

Bom dia, Graça
Contemplar a lua e as estrelas ao cair da noite é desfrutar da serenidade, lindo poema, um forte abraço.

baili disse...

a simple but divine poetry dear Grace
i felt the silence and gravity of the night you welcomed in you house !

thanks for powerful imagery always that touches the soul deeply and i feel myself part of unknow world for a while
hugs and best wishes for you and loved ones

São disse...

Gostei tanto....


Amiga, saúde e excelente semana .

Caloroso abraço.

A Paixão da Isa disse...

ainda bem que temos a lua mais um lindo poema como sempre muito bom a ler amiga obrigada pelo seu carainho no meu cantinho ele ja esta a ficar um pouco melhor graça a deus aùmiga desejo tudo de bom com muita saude feliz semana bjs

Fá menor disse...

Por vezes a noite entra-nos em casa, na vida. Que, ao menos, nos brilhe a lua e as estrelas nessas alturas, até clarear o dia.
Beijinhos, amiga Graça. Tudo de sereno ao seu coração!

© Piedade Araújo Sol (Pity) disse...

Boa tarde Graça
Uma homenagem à noite que por vezes é boa conselheira.
As mãos, e o luar, e a luz que re recebe nelas como uma oferenda.
Um poema lindíssimo que me comoveu.
Boa semana com saúde e paz.
Um beijo
:)

teresadias disse...

Poema luminoso, uma imagem encantadora.
Noite e estrelas que me recordaram um outro poema teu. Ambos, belíssimos!
Um beijo minha querida amiga. Uma boa semana.

Luiz Gomes disse...

Boa tarde minha querida amiga Graça. Perdoe o atraso. Parabéns pelo maravilhoso poema.

Ana Tapadas disse...

É um poema muito profundo e belo!

Que a tua noite se ilumine na tecitura dos dias.

O meu olho continua a trair-me, por isso peço desculpas pelas ausências e pela brevidade.

Um beijo

Maria Rodrigues disse...

Por vezes a noite entra também pela nossa alma e os nossos pensamentos divagam umas vezes pelas alegrias acontecidas, outras pelas magoas da vida.
Um poema sublime!
Beijinhos

Anete disse...

A noite com os seus mistérios e são nelas em que a nossa alma fica mais aguçada a pensamentos e emoções tão multiplicados.
Linda reflexão no seu poema.
Muitos abraços

pensandoemfamilia disse...

Na noite os sentidos se aguçam e nos trazem esta beleza de poema. Boa noite.

A.S. disse...

Maravilhoso o seu poema!
A noite sempre nos envolve num estranho misticismo!
Permita-me deixar-lhe um poema meu que tem mais de 30 anos e faz parte de um livro meu
" Diálogo de Sombras"

Quando a noite se torna mais escura
como tela sombria a negro impressa,
venha o sonho que vier, tem mais altura
a sombra em que sempre se tropeça.

E a sombra teimosa e negra permanece
tão viva, tão espessa, tão presente,
que o sonho que esperamos só acontece
na medida em que a sombra o consente.

Rasgue-se a noite num grito agudo,
num claro rumor que afaste os medos,
que dissipe a sombra, o negro… tudo!
E o sonho voltará à ronda dos segredos...

Um bom fim de semana com muita saúde minha amiga Graça!
Um beijo.

Mário Margaride disse...

Olá, amiga Graça
Passando por aqui, relendo este belo poema que muito gostei, e deixar os meus votos de feliz semana, com muita saúde e paz.
Beijinhos, com carinho e amizade.

Mário Margaride

https://poesiaaquiesta.blogspot.com
https://soltaastuaspalavras.blogspot.com