12.7.21

Em seara alheia



Escrevo com uma mulher 
a correr-me nua por dentro das veias. Procuro-a 
com o sangue em delírio e uma rosa de tinta
no desalinho do peito. Escrevo
a sua sombra radiante. Abro livros e encontro-a
por todas as páginas e digo: eis o poema, eis a luz
refratada de um rosto, eis o orvalho mais puro.
E os livros fecham-se e ardem e eu pergunto:
como pode a água arder assim.
E fico preso nos longos cabelos da mulher
e é como se ficasse repentinamente extasiado
no átrio de uma casa muito bela enquanto
as portas de fecham num rumor que não se ouve.

[...]

Escrevo uma mulher nua por entre a erva alta
de um lugar abandonado. E digo: 
tenho sede, ó mulher por entre tanto orvalho.
E os teus olhos tocam levemente os meus lábios
e os meus lábios ardem à luz da água cristalina
e oscilam os teus seios como sinos quase imóveis
e roda uma roda de tinta na cruz do peito
e o teu ventre é felino como uma duna dourada
a estender-se para lá da maré mais alta.

[...]

Rui Miguel Fragas
In: A rebentação das águas. Braga: Poética, 2021, excertos das páginas 43-44


60 comentários:

brancas nuvens negras disse...

O canto à mulher ausente no entanto presente na memória persistente do autor.
Um abraço

Marta Vinhais disse...

A vida... simplesmente a vida que nos abraça, nos limpa as lágrimas e nos deixa sós...
Obrigada pela partilha e pela visita
Beijos e abraços
Marta

chica disse...

Adorei ler, Graçao!
Mais uma bela escolhapra aqui compartilhar!
Que tenhas uma ótima semana!
beijos, chica

- R y k @ r d o - disse...

Sublime fascínio poético que adorei ler.
.
Cumprimentos
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Mário Margaride disse...

Belíssimo poema, amiga Graça!
Parabéns, pela partilha de tão eloquente poema.

Votos de uma excelente semana.

Beijinhos, e muita saúde.

Roselia Bezerra disse...

Escrevo uma mulher nua por entre a erva alta
de um lugar abandonado. E digo:
tenho sede, ó mulher por entre tanto orvalho.

Olá, querida amiga Graça!
Você planta poemas seus e de outros escritores como o de hoje que nos enlevam.
Recortei os versos acima.
Uma mulher revestida de orvalho... que suavidade em ternura!
Muito obrigada pela participação bela na Fotografia Literária.
Seja feliz e abençoada!
Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

© Piedade Araújo Sol disse...

Que bela maneira de se escrever "mulher".
Uma boa escolha de poeta que também admiro muito.
Uma semana abençoada com saúde e muita paz.
Beijinhos
:)

Cidália Ferreira disse...

Fabuloso poema! Amei :))
-
Beijo-te com os lábios de ternura...
-
Beijos, e uma excelente semana :)

partilha de silêncios disse...

Belíssimo poema.

Votos de uma semana feliz

bjs

teresadias disse...

A mulher cantada em versos magníficos de Rui Miguel Fragas, a escolha perfeita para a tua «seara alheia», querida amiga.
Beijo, boa semana, sempre em segurança.



Ailime disse...

Boa tarde Graça,
Um poema muito belo de um Autor que eu não conhecia e que foi um prazer lê-lo.
Respira poesia por todos os poros.
Obrigada pela sua sempre tão generosa partilha.
Um beijinho e uma boa semana, minha Amiga e Enorme Poeta.
Ailime

carlos perrotti disse...

Muito interessante poeta Rui Miguel Fragas, Graça. Versos delicadamente modelados, inspiradoras imagens e metáforas... Muito obrigado, amiga, por apresentá-los.

Grande abraço. Você também cuide-se bem.

A Paixão da Isa disse...

eu digo bravo linda poesia ha mulher bjs saude feliz domingo

Teresa Isabel Silva disse...

Bonito poema!
Aproveito para desejar uma boa semana!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

alberto bertow marabello disse...

La poesia travolge proprio come l'amore
Buona settimana amica Poetessa.
Um bejio

José Carlos Sant Anna disse...

Um longo silvo do poeta em apelo fascinante em busca de uma terra prometida, a que chamou mulher! E que terra, e poema, e partilha, tão sensível.
Cuida-te, minha amiga Graça! Cuida também das tuas generosas partilhas!
Um beijo,

São disse...

Continuas generosa!


Beijinho, Amiga, boa semana e muita saúde :)

Toninho disse...

Graça que seara mais linda de sua vasta generosidade.
A gente viaja com a mulher pelos versos elegantes e belos.
Há uma mulher e para ele é tudo.
Um show de partilha amiga.
Beijo e feliz semana inspiradora.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Graça,
Uma maravilhosa escrita!
Uma delícia de leitura.
Obrigada por esse presente.
Bjins de boa nova semana.
CatiahoAlc.

betonicou disse...

Não conheço o trabalho deste fantástico poeta, Rui Miguel Fragas. Através deste magnifico poema posso assim dizer, que, é um portador de inspiração grandiosa. Grato pela partilha, querida Graça Pires. Um grande beijo.

Maria Emilia B. Teixeira disse...

O poeta apaixonado fez um belo poema para sua amada.
Uma semana feliz para você. Bjs.

solfirmino disse...

Amiga, muito bonito o poema.
Ótima semana.
Beijos

Juvenal Nunes disse...

Também acho que é no calor ardente que o desejo da mulher incendeia que vamos beber a frescura
que o apazigua.
Abraço poético.
Juvenal Nunes

bea disse...

Que poema tão bonito e desencontrado.
Boa semana, Graça.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Excelente belo e sensual este poema de que gostei bastante.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Maria Rodrigues disse...

Um poema sentido e belo, uma escolha perfeita.
Beijinhos

Anete disse...

Uma escolha muito boa. Versos com grande sensibilidade da alma.
Boa terça-feira. Bjs

Lúcia Soares disse...

Lindo poema bjs

Fá menor disse...

Que beleza!
Os anseios da alma e do corpo a correr na pele.

Beijinhos.

Carlos Augusto Pereyra Martínez disse...

Desde la mujer, su alma y sus vísceras, para hacer poesía desde el otro, o la otra. Un abrazo. carlos

Luiz Gomes disse...

Boa tarde Graça. Texto vivo e maravilhoso sobre a alma feminina. Bom que nos homens lessemos com calma e atenção.

lis disse...

Que lindeza, Graça.
Os poetas tem a sensibilidade para pegar as palavras e fazer delas o que quiser.rs
Maravilha Graça, amei também a sua sensibilidade na escolha.
Muito romântico!
beijos

Isa Sá disse...

Bonito poema.

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Marli Soares Borges disse...

Beleza pura, Graça!
Um trabalho maravilhoso com as palavras. Não conhecia esse poeta, Rui Miguel Fragas, mas quem escreve assim, deve ser uma pessoa especial. Um poema tão lindo me faz ter vontade de ler mais e mais. Que lindo jeito de exaltar a mulher. Obrigada pela partilha.
Bjs
Marli

Micaela Santos disse...

Belo poema!
Grata por partilhar, tudo de bom e muita saúde!

Beijo

Fê blue bird disse...

Que maravilhosa partilha nos proporcionou amiga Graça.
Quanta delicadeza nos versos, o encontro e a procura, da mulher presente e ausente.
Vou pesquisar mais poemas do autor.

Um beijinho minha amiga.

rui féteira disse...

grato pela partilha, Graça)

Alécio Souza disse...

Querida Graça,
Que maravilha esse poema, todos os devaneios e pensamentos de uma mulher descritos de forma arrebatadora!
Beijos!

Unknown disse...

Rui Miguel Fragas é um poeta de 1a linha. Parabéns

Agostinho disse...

Excelente!
A mulher presente
deitada em verso
e o batucar vermelho
no peito
Presente não ausente

Boa saúde e um beijo, Amiga Graça Pires.

Siby disse...



Un poema divino mi
amiga Graça, desde el
inicio hasta el final
es maravilloso.

Besitos dulces

Siby

Jaime Portela disse...

Uma excelente escolha, o poema é muito bom.
Obrigado pela partilha.
Bom fim de semana, amiga Graça.
Beijo.

fatimawines disse...

Graça,
Mais uma excelente escolha.Grato pela partilha.
Um bom fimde semana em modus férias.
bj.

Olinda Melo disse...


Bela forma de procurar a mulher ideal, num
poema de grande pendor romântico.
Adorei querida amiga Graça este presente
que nos trouxe em versos, na sua "Seara alheia".

Beijinhos
Olinda

Sinval Santos da Silveira disse...

Mestra / Poetisa, Graça Pires !
Bela escolha para nos presentear.
Um delírio de desejo,descrito por
hábeis e talentosas mãos do Poeta !
Muito grato, um feliz final de semana
e um fraternal abraço, aqui do Brasil!
Sinval.

Tais Luso de Carvalho disse...

Não conhecia o poeta Rui Miguel Fragas o qual você nos apresenta, querida Graça!
Gostei muito, mais um para anotar e pesquisar mais,
obrigada, querida amiga, assim a gente vai conhecendo.
Um bom fim de semana, cuidando-se.
Um beijinho!

Rajani Rehana disse...

Mind blowing post

Marco Luijken disse...

Hello Graça,
Wonderful to read these romantic words in this poetic style.
Very nice!!

Big kiss,
Marco

Mário Margaride disse...

Lindíssimo poema! Como sempre nos habituou.
Parabéns!

Beijinhos, e feliz fim de semana!

Gaby Soncini disse...

Que belo! Toca o coração!
Eis o poema, eis a luz! Obrigada por tão belas palavras nessa manhã.

Abraços!
Gaby.

Ana Freire disse...

Uma arrebatadora e ardente inspiração! Mais uma partilha de excelência, por aqui, Graça!
Adorei ler! Um beijinho! Desejando-lhe um excelente fim de semana!...
Ana

A.S. disse...

Um belissimo canto à Mulher pela mão e pelo talento de Rui Miguel Fragas!
Notável o alcance das metáforas, numa composição poética de excelência.
Grato minha amiga Graça, pela partilha!

Um feliz fim de semana, com muita saúde. Cuide-se bem!
Beijo.

Megy Maia disse...

Como sempre minha querida, Graça!
Contemplou - nos com uma linda inspiração!
Grata por partilhar um poema de Rui Miguel Fragas!
Desejo - lhe a continuação de uma noite iluminada!
Um beijinho poético!
Megy Maia💛😊💛

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e outros textos literários. disse...

Belíssimo poema, Graça!
Versos sem rima a um compasso
Sereno, com o olhar lasso
Ao que na alma se passa
Para passar ao papel
A poesia fiel
Ao seu sensível amor
Pelo amor e ao pendor
De pôr na doçura, mel.

Gostei muito. Linda postagem! Parabéns! Laerte.

Ana Tapadas disse...

Empolgante! Poeta que habita a alma feminina...

Beijo, com amizade, e bom Domingo.

Jornalista Douglas Melo disse...

Amiga Graça,
Aquilo que corre por dentro das nossas veias, é o alimento essencial do corpo, que traz vida para todas nossas sensações.
Boa semana que enceta e beijos!!!

lanochedemedianoche disse...

¡Qué belleza de poema!, placer leerlo poeta.
Abrazo

baili disse...

sensuous poetry
thank you for sharing the harvest my friend

blessings!

Pedro Luso de Carvalho disse...

Olá, Graça, agradeço pela partilha de Rui Miguel Fragas, que não conhecia.
Gostei desse singular poema, que você traz para nossa leitura.
Parabéns.
Um bom final de semana,
um beijo, amiga.

Parapeito disse...

Gostei do poema, excelente partilha, não conheço Rui Miguel Fragas, mas vou ficar atenta.
Abraço e brisas doces ***